Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Nos acordes da Harpa Nos acordes da Harpa

Nos acordes da Harpa

Sunday, 10 de July de 2011
Categoria:

O som delicado e marcante da harpa retorna nesta edição do Festival de Música de Londrina no recital que o harpista Hélio Leite apresenta nesta segunda-feira (11/07), às 18h15, no Teatro Zaqueu de Melo.

O musicista carioca, radicado em Curitiba, traz em ?A Arte da Harpa? um repertório diferente do que apresentou no ano passado na Capela do Colégio Mãe de Deus, quando o FML teve seu primeiro recital de harpa em seus 30 anos. ?Vou tocar principalmente autores do século XX, que foi, em minha opinião, o período em que mais músicas relevantes foram compostas para a harpa. Mas também vou tocar um ou dois autores românticos para agradar aos que preferem música mais virtuosística?, diz Leite.

No ano passado(2010), ele tocou músicas que traçaram uma espécie de retrospectiva do que já se escreveu para o instrumento.   Já no recital desta segunda-feira, o instrumentista afirma que escolheu para apresentar peças que têm a ver com seu gosto pessoal.   Uma das músicas será o ?Monólogo para Harpa?, um peça em dois movimentos, de autoria do compositor sueco Erland Von Koch. ?Um excelente e pouco tocado compositor?,comenta.

O repertório inclui ainda ?Vitral?, uma peça inédita no Brasil, do compositor francês Jean-Michel Damase, que escreveu inúmeras peças para harpa, pois era filho da grande harpista Micheline Kahn.  ?Vitral é uma música toda sobre acordes secos, que bem sugerem a beleza fria dos vitrais de igrejas?, observa Leite.

O harpista também irá apresentar quem ele diz ser ?o mais prolífico? compositor harpista vivo, o francês Bernard Andrés. ?Ele está sempre em meus recitais?, afirma.   A harpa de Leite também vai soar músicas do pianista e compositor polonês Alexandre Tansman. ?As peças Tansman são originais para piano, mas eu as tomei emprestadas, pois amo os autores da “École de Paris?, comenta. 

Instrumento com 27 séculos de história, a harpa tem reconquistado seu espaço na cena musical que vai muito além dos concertos e recitais de músicas clássicas. Leite observa que o instrumento tem estado presente nos mais diferentes estilos musicais, passando pelo pop, jazz, new age. ?Praticamente não mais existe a velha ideia da harpa associada a mocinhas tocando para o deleite de seus pais ou na confeitaria, no chá das cinco?, comenta o instrumentista.

O Harpista

Helio Leite é natural do Rio de Janeiro, onde estudou harpa com a célebre instrumentista espanhola Léa Bach de Llobera, e também com Maria Célia Machado, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, com Deborah Feld, da Indian Hill Symphony e participou de master class com Sarah Bullen, da Chicago Symphony.

Deu palestras e master classes para a American Harp Society, Festival Vale do Café(RJ), cursos de harpa em Treze Tílias (SC) e Porto Alegre e ainda,palestras sobre a obra do compositor de sua predileção, Richard Wagner, para as séries “Ópera em Video-laser”. Participou das 3a e 5a edições do Rio Harp Festival, tocando, neste ano, um dos recitais de encerramento do evento carioca juntamente com o harpista barroco inglês Andrew Lawrence-King.

Fonte: Assessoria 31° FML

Mais detalhes:

?A Arte da Harpa? Local: Teatro Zaqueu de Melo/Espaço Caixa Dia: 11/07/2010 ? segunda-feira Horário: 18h15 Ingressos: R$ 15,00 (inteira) e R$ 7,50 (meia) Compras nas bilheterias do Teatro Ouro Verde, das 11h às 20h diariamente