Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Município disponibiliza vacinas contra HPV para faixa etária de 15 a 26 anos Município disponibiliza vacinas contra HPV para faixa etária de 15 a 26 anos Município disponibiliza vacinas contra HPV para faixa etária de 15 a 26 anos

Município disponibiliza vacinas contra HPV para faixa etária de 15 a 26 anos

quarta, 23 de agosto de 2017

Prefeitura segue orientação, do Ministério da Saúde, para evitar o desperdício de um lote de vacinas que vencerá até setembro deste ano

A partir desta segunda-feira (21), a Secretaria Municipal de Saúde estará oferecendo, em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) do Município, a vacina contra o vírus HPV para mulheres e homens na faixa etária de 15 a 26 anos. A Prefeitura de Londrina segue a uma Nota Informativa do Ministério da Saúde que orienta que os municípios que tenham vacina de HPV em estoque, com prazo de validade até setembro, poderão aplicá-la em homens e mulheres com esta faixa etária.

O objetivo de ampliar o público-alvo é evitar o desperdício destas vacinas. Segundo o secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, em Londrina o público-alvo de 15 a 26 anos poderá receber a vacina contra HPV enquanto durar o estoque do lote que vencerá no dia 28 de agosto.

O secretário explicou que como a Secretaria Municipal de Saúde terá que repor o estoque de vacinação nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), é possível que nem todas as unidades estejam com as vacinas disponíveis já nesta segunda-feira (21). “Acredito que até amanhã, terça-feira (22), todas as 53 UBSs do município já estejam disponibilizando as vacinas para esta faixa etária”, explicou.

Para receber a vacina, os interessados devem procurar a UBS mais próxima e apresentar a carteira de vacinação e documento com foto. Para a faixa etária de 15 a 26 anos, a orientação do Ministério da Saúde é o esquema vacinal com três doses, com intervalo de dois meses e seis meses. As pessoas que tomarem a primeira dose neste período, excepcionalmente, terão as duas doses subsequentes garantidas no Sistema Único de Saúde (SUS).

A vacinação contra HPV para a faixa etária já incluída no Calendário Nacional de Imunização, ou seja, meninos com idades entre 11 a 13 anos e meninas de 9 a 14 anos, continuará sendo feita normalmente. A vacina ofertada pelo SUS é quadrivalente, assim ela protege contra quatro subtipos do vírus HPV (6, 11, 16 e 18) e possui até 98% de eficácia para quem segue o esquema vacinal corretamente.

O esquema de vacinação contra o HPV para meninos e meninas com idade inferior a 15 anos é de duas doses, com intervalo de seis meses entre uma aplicação e outra e, para pessoas com mais de 15 anos são aplicadas três doses, com intervalo de dois meses entre a primeira e a segunda dose e seis meses entre a segunda e a terceira aplicação.

Nas mulheres, a vacina contra o HPV contribui para redução da incidência do câncer de colo de útero e vulva, vaginal e anal, além de lesões pré-cancerosas, verrugas genitais e outras infecções causadas pelo vírus. Entre meninos, a vacina tem como objetivo proteger contra os cânceres de pênis, garganta e ânus, além de doenças que estão diretamente relacionadas ao HPV.

Fonte: N.Com