Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
“MIM, APRENDER, TENTAR: TRANSCREVENDO O AGORA” 

“MIM, APRENDER, TENTAR: TRANSCREVENDO O AGORA” 

quarta, 25 de outubro de 2023
Categoria

ESTREIA DIA 26 DE OUTUBRO – Documentário estará disponível gratuitamente no YouTube no canal  Siamese – YouTube

O documentário “MIM, APRENDER, TENTAR: TRANSCREVENDO O AGORA” abre uma janela fascinante para as trajetórias e experiências das talentosas artistas Siamese e Aurora Willian. A obra, dirigida por Aurora Willian, mergulha nas vidas de duas artistas paranaenses que conquistaram destaque no cenário cultural de Curitiba, explorando suas individualidades e suas reflexões sobre o mercado artístico e cultural.

O filme ficará disponível gratuitamente, a partir do dia 26 de outubro, no Canal do YouTube @SiameseSiamese, Instagram @aurorawilliann e TikTok @aurorawillian.

Siamese, cantora e compositora talentosa, já lançou dois EPs e colaborou com renomados nomes da música brasileira, incluindo uma notável parceria com Pabllo Vittar no remix de “AMEIANOITE”. Por sua vez, Aurora Willian é uma diretora criativa que conduz projetos audiovisuais e de produção cultural de forma independente. Seus clipes já foram exibidos em eventos prestigiados, como o “Bogotá Music Video Festival”, “Afropunk Bahia”, “Canal Multishow”, “Canal Bis” e no “Museu da Imagem e do Som do Paraná”.

O filme é divido em 3 partes: 

MIM. uma introdução emocional à vida e às carreiras dessas duas artistas trans. Elas compartilham de forma íntima momentos cruciais de suas vidas, desde a infância até escolhas determinantes que as conduziram ao mercado cultural de Curitiba;

APRENDER: nos convida a refletir sobre o presente e a urgência de reconhecer e valorizar a diversidade de vozes e lideranças no cenário cultural de Curitiba.

TENTAR: Siamese e Aurora Willian exploram suas trajetórias para se estabelecerem no mercado cultural de Curitiba, destacando os projetos apoiados por programas de incentivo à cultura da cidade.

Um olhar único sobre as motivações, intenções e projeções de Siamese e Aurora no mercado cultural como artistas trans. “Só de existir esse registro audiovisual sendo realizado com recursos do programa de apoio e incentivo à cultura, Fundação Cultural de Curitiba e da Prefeitura Municipal de Curitiba  aprovada em primeiro lugar no edital de Culturas Afirmativas LGBTQIAP+ 2023 com protagonismo de duas mulheres trans, com equipe toda formada por técnicos pertencentes a nossa comunidade já é um marco na história da nossa cidade e faz com que fique eterno as nossas ações efetivas para o progresso da nossa sociedade como um espaço justo e digno para qualquer corpo e/ou recorte social”, conta a diretora Aurora Willian.

“MIM, APRENDER, TENTAR: TRANSCREVENDO O AGORA” é um convite para conhecer a jornada inspiradora e os desafios enfrentados por Siamese e Aurora Willian, não apenas uma celebração da arte, mas um testemunho do poder da inclusão e da expressão cultural autêntica.

O documentário tem produção audiovisual por AZZA (Matheus Conrado e Lucas Buzato), captação de áudio por Ardlez e assistência de direção de Jaqueline Kogus. A filmagem ocorreu no centro de Curitiba, no apartamento do arquiteto Nicholas Ohen, que também foi o responsável pela Direção de Arte do vídeo. O stylist foi desenvolvido pelo Coletivo Brechó das Preta e a maquiagem foi realizada por Vinicius Vilas Boas.

WORKSHOP GRATUITO

Em novembro, Aurora Willian ministra workshop gratuito em Curitiba “Processos de criação e produção para vídeoclipe” 

De forma prática e objetiva a diretora Aurora trás levantamentos e saberes indispensáveis de pré-produção, produção e pós-produção ao iniciar um projeto de videoclipe, criação de roteiro, desenvolvimento da arte e produção executiva. 

Dia 10 de novembro de 2023

Início 09h30 

Setor de Artes, Comunicação e Design – UFPR 

R. Bom Jesus, 650 – Juvevê, Curitiba – PR, 80035-010

Mais informações no perfil do instagram  @aurorawilliann

Mais informações: 

SIAMESE

Siamese é Cantora e compositora. Com repertório autoral e estética criativa apresenta rimas em seu estilo único, com poesia e reflexões sobre vivências particulares e coletivas que vão do Rap, POP,

 Vogue Beat e Trap.

Nascida em Andirá, norte pioneiro do Paraná, Siamese reside em Curitiba e em 2017 lançou seu primeiro EP autoral chamado “Som do Grave” de forma independente, com a colaboração de produtores e artistas do Paraná. O EP contém cinco faixas, que variam do rap ao eletrônico. No ano de 2018 realizou o show de abertura da turnê Slay Z, da rapper norte-americana Azealia Banks, no espaço Selfie Brasil, em Curitiba.

Em julho de 2019 lançou o EP Overdose, com participações de Boombeat, Danna Lisboa e do trio Tuyo.  Em 2021 lançou o projeto  “Overdose Sessions”, uma nova versão do EP gravado em 2019, que assim como o original, conta com cinco canções, sendo elas “Iguais”, parceria com o trio Tuyo; “Bixa no Rap”, com Danna Lisboa; “Vai Voltar”, com Boombeat e “Fim”, que ganhou um novo arranjo com a participação da musicista e pianista Klüber, esse projeto foi realizado Via Lei Aldir Blanc com recursos do programa de apoio e incentivo à cultura da prefeitura de Curitiba e Ministério do turismo. Para registrar a produção do Overdose Sessions e discutir pautas como empreendedorismo negro, estética preta e expressão artística preta e queer, Siamese lançou o documentário “Overdose Sessions”, dirigido por Larissa Nepomuceno.

Já esteve em palcos do SESI Paula Gomes e Centro Cultural Sesi Heitor Stockler de França, Teatro Cleon Jacques, Festival Subtropikal (PR), Festival Balaclava (SC), FUN Music (SP), Feira Internacional de Música do Sul, Feira Preta (SP), Cine Jóia (SP), Festival Bocadim (DF), SIMSP (SP) e já dividiu palco  com grandes nomes como: Pabllo Vittar, Gloria Groove, Azelia Banks (USA), Tuyo, entre outros. É artista influencer da Budweiser BR desde 2018, estampou campanhas da Doritos Rainbow em 2021 e 2022, foi capa do Twitter da Google Brasil em 2019 no Mês do Orgulho, Exibiu sua live session da música “Preta” na 1° edição do Festival Afro Punk Bahia em 2021. Siamese foi finalista no Prêmio Profissionais da Música 2023 nas categorias: Cultura Hip Hop Feminino, Produtora Executiva e Bloco de Carnaval com o Bloco Fogosa. Realizou seu Show no Festival Bocadim em Brasília-DF edição de 2022. Selecionada no Pitching novos artistas da SIM SP de 2023. Siamese participa do álbum AFTER da cantora Pabllo Vittar na faixa AMEIANOITE com a cantora Glória Groove e remix pela Clementaum. A artista prepara seu primeiro álbum de estúdio previsto para ser lançado em 2024.

AURORA

Aurora Willian atua na produção cultural, criação e direção de projetos audiovisuais independentes em Curitiba desde 2017, tendo destaque em trabalhos já expostos pelo “Museu da Imagem e do Som do Paraná”,  festival de videoclipe internacional “Bogotá Music Video Festival”, Festival “Formemus” no Espírito Santo, “Feira Internacional de Música do Sul – FIMS”, “AfroPunk Bahia” e no canal Multishow no “Trace Trends” e “Canal Bis” em 2022 e 2023. Com estilo criativo e técnicas upcycle a artista expressa sua identidade em videoclipes autorais e autênticos para cantores de diversos gêneros musicais além de desenvolver a identidade visual e direção artística e criativa para projetos audiovisuais e culturais junto da artista Siamese desde 2017. Na produção cultural coordena e produz projetos via programa de apoio e incentivo à cultura: “Bloco Fogosa” (2018, 2019, 2020, 2022 e 2023), “Siamese Construção e Performance” (2020/21),  “Overdose Sessions” (2021) aprovado via lei Aldir Blanc durante o período de pandemia realizado junto às artistas Siamese, Tuyo, Boombeat, Danna Lisboa e Kluber. “Videoclipe Telas – Siamese” (2022), “Videoclipe Preta – Siamese” (2023), “Documentário autodirigido MIM, APRENDER, TENTAR – transcrevendo p agora” (2023). Foi contemplada por compartilhar suas práticas e processos técnicos de produção e audiovisual nos editais: Cultura nas Redes (projeto Técnicas para construção de cena e produção de audiovisual em casa), Cultura Feita em Casa (projeto Construindo Cena: vídeo tutorial prático de como criar dentro de casa), Programa FCC Digital VI (projeto Técnicas de Upcycling e Figurino para Teatro) e em 2022 foi contemplada no “Prêmio Memorial de Vivências”  promovido pela UNESPAR por compartilhar sua trajetória, processos, referências e técnicas em um vídeo depoimento, recebendo ótimos pareceres sobre sua qualificação. Em 2023 foi finalista no “Prêmio Profissionais da Música” na categoria “Diretora de videoclipes” e Bloco de Carnaval com o “Bloco Fogosa”.

Assinou a confecção de figurinos exclusivos para a peça “Lampião da Esquina”, companhia de teatro da UFPR em 2019 e em 2021 fez a produção de moda e stylist para o documentário “Siamese – viva a liberdade de ser quem você é” lançado pela Doritos Rainbow Brasil. Iniciou sua trajetória como Diretora de Arte e Produtora Cênica assinando os figurinos e cenários em produções como: Ópera Marumby, I Festival de Ópera do Paraná e Opereta Cômica Pega Rapaz no Festival de Inverno da UFPR. Ainda cursando Produção Cênica foi bolsista da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da UFPR como assistente de produção de eventos culturais promovidos pela instituição no ano de 2015. 

Fonte: Divulgação