Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Massagem nova é vida Massagem nova é vida

Massagem nova é vida

Tuesday, 28 de May de 2013
Categoria: noticia

Quero contar pra vocês sobre uma
maravilha que combate a flacidez facial!  Uma massagem milenar, que só era
realizada pela família imperial no Japão. É a kobido, que em japonês significa
antigo caminho da beleza. Esse método utiliza movimentos de shiatsu, como
deslizamentos, amassamentos e leves batidinhas. Uma delícia!

A massagem é excelente por
prevenir e suavizar as rugas, levantar a expressão e ainda deixar a pele
iluminada. Incrível, não é mesmo? As manobras estimulam os nervos faciais,
aumentando a circulação e, consequentemente, a oxigenação das células da pele.
Isso ajuda a distribuir melhor os nutrientes e facilita a desintoxicação.

Sabe o que é melhor? É fácil,
rápido e você mesma pode fazer! Para realizar os movimentos do kobido, você
pode usar um creme anti-idade e dedicar dois minutinhos para cada exercício. O
ideal é fazer a massagem completa pelo menos três vezes durante a semana. Vamos
tentar???

Pescoço. Inicie a massagem
apoiando os dedos no pescoço (menos os polegares) e faça movimentos rápidos e
fortes de baixo para cima, alternando as mãos. Percorra toda a área.

Queixo. Com o polegar fixado
na têmpora, inicie um movimento com os dedos indicador e médio a partir do
contorno do rosto para cima. Arraste os dedos três vezes: perto da orelha, no
centro e próximo ao nariz. Repita para o outro lado.

Buço. Apoie os dedos
indicadores na parte inferior do queixo. Com os polegares, faça movimentos
curtos para baixo repetidamente, passando por toda a região do buço.

Têmporas. Apoie o dedo
indicador no final da sobrancelha e o dedo médio no osso da pálpebra inferior.
Com o indicador da outra mão, faça um movimento para cima de forma constante e
acelerada na demarcação entre os dedos. Repita para o outro lado.

Testa. Apoie os dois dedos
indicadores no centro da testa de forma paralela. Sem desencostar os dedos da
pele, troque-os de lugar (um vai para cima, outro para baixo), enrugando a
testa. Volte e faça para baixo. Percorra toda a testa.

Bochechas. Com o polegar
apoiado no osso da pálpebra inferior, faça movimentos constantes e vigorosos de
baixo para cima, levantando a bochecha.