Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Londrina vence Nacional por 1 x 0 no jogo do 10 contra 8 Londrina vence Nacional por 1 x 0 no jogo do 10 contra 8

Londrina vence Nacional por 1 x 0 no jogo do 10 contra 8

Friday, 15 de July de 2011
Categoria:

Na noite de quinta-feira (14/07), o Nacional recebeu o Londrina no estádio Erick George, em Rolândia em partida válida pela 6ª rodada da Divisão de Acesso 2011. Uma partida que pode ser resumida em pouca técnica e truncada no primeiro tempo e que no segundo praticamente não existiu. E o motivo da ?inexistência? de jogo foi o show de cartões amarelos e vermelhos protagonizado por Amauri Carvalho Pahins, árbitro da partida.

O único gol da partida foi marcado por Arthur no primeiro minuto da etapa complementar que garantiu a liderança do Tubarão no 2º turno e na classificação geral. Ao término da partida, muita reclamação de ambas as equipes com relação à arbitragem.

Jogo equilibrado, mas pouco trabalho para os goleiros

A partida começou movimentada e com menos de cinco menos o Londrina chegou perto por duas vezes. Numa boa oportunidade, em falta pela direita Carlópolis cobrou e mandou na grande área, mas o goleiro Serginho saiu firme na defesa. No contra-ataque rápido, o Nacional desceu com Warley e na bobeira da zaga alviceleste quase Roberto Pitio marcou.

Aos 10 minutos foi a vez do Tubarão com Warlley, mas a cabeçada saiu fraca ficando fácil para o goleiro Serginho. Após 20 minutos, a partida seguia equilibrada com o Nacional assustando, correndo bastante a bola, mas faltando qualidade na finalização. Já o Londrina conseguindo valorizar bem a posse de bola, com uma boa marcação cortando as jogadas da equipe de Rolândia. Aos 25 minutos, falta perigosa para o Londrina. Serginho pediu cinco homens na barreira, na cobrança Ricardinho. Bola mandada pra área, o goleiro espalmou, a zaga afastou de qualquer maneira, mas na sobra o LEC não conseguiu aproveitar.

E como o Londrina não conseguia marcar o gol, o Nacional ia buscando espaço, tentando chegar ainda que pelo meio de campo, mesmo não mostrando muita técnica. Assim, o jogo seguia mais faltoso do que com bolas trabalhadas.

Aos 40 minutos, mais uma cobrança de bola parada com Ricardinho de pé direito, mas o zagueiro Douglas afastou o perigo de cabeça. Dois minutos depois Warlley pela esquerda, tentou buscar Bruno no meio, mas o Nacional roubou saindo em contra-ataque, porém na finalização a bola saiu em linha de fundo. Já nos acréscimos, foi a vez do Nacional. Bola alçada na área e Rocha tentou de cabeça, mas Danilo defendeu com tranqüilidade.  Final de primeiro tempo e placar fechado no Erick George.

1 gol, chuva de cartões e expulsões

E se o primeiro tempo foi de um jogo de contato com muitas faltas, no segundo tempo, logo no primeiro minuto a história mudou. Depois da saída de bola, em descida rápida com Carlopólis, trabalhando com Arthur e Ricardinho, Arthur ficou livre na área de e de cabeça abriu o placar para o Tubarão.

Atrás no placar, o técnico Gilberto Papagaio resolveu sacar Warley e colocar o centro-avante Clênio, tentando sair para o empate. Mas quem teve a melhor oportunidade foi novamente o Londrina com Arthur. E passado 20 minutos, o Nacional tentava ir pra frente, com Negretti mais deslocado para a lateral, porém, o esquema não estava funcionando. Sendo assim, as bolas paradas surgiam como opção. Pezão cobrou falta e Carlópolis chegou pra afastar o perigo, no rebote, Marcelo tentou pegar de longe, chutou forte, mas a bola saiu à direita do gol de Danilo.

A partir dos 30 minutos, o jogo se transformou num show de cartões amarelos. O árbitro Amauri Carvalho Pahins apitando pela segunda vez uma partida como profissional distribuiu 12 cartões amarelos e expulsou quatro atletas.  Os primeiros a serem expulsos foram Douglas pelo Nacional e Silvio pelo Tubarão. Depois foi a vez de Ricardinho do LEC ser expulso. Assim, o jogo ficou apertado para o lado do Londrina que perdeu Silvio, Ricardinho e Kanu ? este último não jogou nem 10 minutos, após substituir Arthur que sentiu lesão e também tinha cartão. Em campo 10 contra oito.

Devido às pequenas paralisações por conta dos cartões e expulsões o jogo foi aos 50 minutos. Mas o placar ficou mesmo no 1 x 0 Tubarão que segue líder da competição com 36 pontos na classificação geral e 16 pontos no 2º turno e pelo saldo permanece na frente de Foz e Toledo.

Na próxima rodada, o Nacional enfrenta o Foz do Iguaçu, no estádio ABC e o Londrina recebe o FC Cascavel no estádio do Café.

FICHA TÉCNICA

NACIONAL 0 X 1 LONDRINA

Nacional: Serginho; Éverton, Spyce (William) e Rocha; Warley (Clênio), Marcelo, Douglas, Joélson Pezão e Renan (Marcelinho); Negretti e Roberto Pitio.
Técnico: Gilberto Papagaio.
Londrina: Danilo; Maicon, Rogério, Élson e Carlópolis; Silvio, Bruno, Ricardinho e Silvinho (Everton); Warlley (Fernando) e Arthur (Kanu).
Técnico: Cláudio Tencatti.
Local: Estádio Municipal Erick Georg, em Rolândia.
Data/Horário: 14/07/2011, às 20h15 Árbitro: Amauri Carvalho Pahins.
Assistentes: Willian Bigaski Stolle e Agustinho Araujo.
Público/Renda: 828 pagantes/ 882 total/ R$ 10.760,00
Cartões amarelos: Everton, Serginho, Douglas pelo Nacional. Warlley, Élson, Maicon, Silvinho, Ricardinho, Silvio, Rogério, Kanu, Danilo pelo Londrina.
Cartões vermelhos: Douglas pelo Nacional. Silvio, Ricardinho e Kanu pelo Londrina.
Gol: Arthur ao 1 minuto do 2º tempo para o Londrina.

Fonte: Redação em Campo