Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Londrina terá nova unidade do Senai com centro de formação e HUB de Inteligência Londrina terá nova unidade do Senai com centro de formação e HUB de Inteligência

Londrina terá nova unidade do Senai com centro de formação e HUB de Inteligência

Wednesday, 15 de December de 2021

Espaço de quase 8 mil m² unirá a ciência dos dados com inteligência artificial, em prol da capacitação profissional; haverá cursos técnicos, de graduação e de pós-graduação

Foto: Emerson Dias / NCom

Na manhã desta terça-feira (14), o prefeito Marcelo Belinati participou do lançamento da nova unidade do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) Celso Charuri em Londrina. O espaço abrigará o Instituto Senai de Tecnologia da Informação e Comunicação e um HUB de Inteligência Artificial, reforçando o atendimento à indústria no Estado do Paraná. A solenidade foi realizada no auditório da ACIL, que fica Rua Minas Gerais, 297, no Centro.

Divulgação

A nova sede do Senai deve ter 7.776 m² de área construída sob um terreno de 6.814,14 m² localizado na Rua Deputado Fernando Ferrari, o que permitirá atender simultaneamente 685 alunos.

O projeto prevê a construção de três pavimentos, contendo salas de aulas; laboratórios de informática, física, robótica, internet das coisas, desenvolvimento de softwares, smart grid, domótica, automação industrial, eletrônica, espaço Maker e de realidade aumentada e virtual; refeitório com cantina; auditório para até 200 pessoas; foyer para recepção de convidados; biblioteca e área administrativa. Além disso, o terceiro pavimento abrigará o HUB de Inteligência Artificial, onde terá a fábrica de software do Instituto de TIC e o laboratório de experimentação industrial, de robótica e de eletrônica.

Divulgação

Toda a obra leva em consideração a sustentabilidade, a eficiência energética, a acessibilidade, meios de reuso de água e uma ambientação de preservação da natureza. Os projetos arquitetônicos e complementares para a construção da obra estão prontos, sendo que, em breve, a construção deve ser licitada. A expectativa é que seja finalizada em dezembro de 2023.

Para a execução da obra serão investidos R$ 35 milhões mais R$ 15 milhões em equipamentos e mobiliário. Os recursos advém da Central Geral do Dízimo do Pró-Vida.

Foto: Emerson Dias / NCom

“É uma obra grandiosa e importantíssima para a cidade. São R$ 35 milhões em investimentos e mais R$ 15 milhões em equipamentos para os 16 laboratórios. Isso gerará empregos na construção civil e ajudará a preparar Londrina para o futuro, porque serão ofertados cursos de qualificação profissional. Temos observado que, centenas de vezes, temos as vagas de emprego, mas faltam a experiência e a qualificação profissional das pessoas para ocupá-las. Um grande exemplo disso é a TCS”, lembrou o prefeito Marcelo Belinati.

A ideia é que a nova sede do Senai una a ciência dos dados com a inteligência artificial, em prol do aperfeiçoamento profissional.

Foto: Emerson Dias / NCom

Isso porque, seu objetivo é promover desenvolvimento profissional para a Tecnologia da Informação e da Comunicação (TIC) industrial e criar soluções inovadoras para o setor industrial. “O Senai tem a missão de qualificar a mão de obra e de criar a solução para as indústrias do Paraná. Mostramos, hoje, nossa nova obra, que é um prédio novo, com arquitetura moderna e equipamentos e tecnologia de ponta. Em Londrina, temos a área de TI que fazemos bem e vamos potencializá-la para todo o Paraná”, disse o presidente da Fiep, Carlos Valter Martins Pedro.

Para isso, a nova sede abrigará qualificação e capacitação de mão de obra com cursos técnicos, de educação superior e de pós-graduação nas áreas de: eletroeletrônica, metal mecânica, automação e mecatrônica, tecnologia da Informação e comunicação (TIC), alimentos e bebidas, automotiva, gestão, construção civil, vestuário e segurança do trabalho.

Foto: Emerson Dias

Para a presidente da Associação Comercial e Industrial de Londrina (Acil), Márcia Manfrin, a construção dessa sede significa novos investimentos para o desenvolvimento do município como um todo, além de ser de extrema importância para os industriais, que precisam de mão de obra qualificada. “É uma conquista da sociedade londrinense e da cidade, que vem coroando o encerramento do ano de 2021, que foi tão complicado para todos nós, e vem trazendo a perspectiva de desenvolvimento e reaquecimento da economia. Isso prova a importância da cidade de Londrina para o Estado do Paraná no sentido de conectar todo o entorno da nossa cidade”, disse a presidente da Acil.

Inteligência Artificial – Por meio do HUB de Inteligência Artificial, que será construído em Londrina, estudantes do Brasil inteiro poderão concorrer ao Programa de Residência em Inteligência Artificial. Há cerca de dois anos, o Senai de Londrina conta com um HUB de Inteligência Artificial, que atualmente conta com mais de 100 projetos.

Foto: Emerson Dias

Ele integra o ecossistema de inovação da cidade, junto com a UTFPR, Embrapa Soja, Instituto Federal do Paraná, Sebrae, Sincoval, Fecomércio, Acil, Codel, Ippul, Prefeitura de Londrina, Sindimetal, Ceal, Sociedade Rural do Paraná, Cintec, Aonp, Integrada, Adetec, Fape Agro, Startup PR, Sandoz, Atos, Belagrícola, Indusbello, Adama, Angelus, Inside Places, Geo Energética, Rais, Oniria, Seven, Juntus, Crowd-Londrina, Intuel, entre outras entidades e instituições. “A Inteligência Artificial é o futuro das indústrias. A tecnologia é transversal, por isso nenhum dos setores industriais ficará de fora. Todas as áreas serão contempladas neste investimento”,  finalizou o gerente de Tecnologia e Inovação na Senai PR, Henri Cabral.

Acompanharam o prefeito na solenidade, o vice-prefeito, João Mendonça; o chefe de Gabinete, Moacir Sgarioni; os secretários de Governo, Alex Canziani; do Trabalho, Emprego e Renda, Gustavo Santos; o presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Londrina (IPPUL), Tadeu Felismino, além do presidente da Câmara, vereador Jairo Tamura e o vereador Eduardo Tominaga.

Fonte: N.Com