Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Londrina sedia Conferência de Saúde no fim de semana Londrina sedia Conferência de Saúde no fim de semana

Londrina sedia Conferência de Saúde no fim de semana

Wednesday, 20 de March de 2019

Neste sábado (23) e domingo (24) será realizada a 14ª Conferência de Saúde em Londrina. Com o tema Democracia e Saúde, o encontro deve reunir usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), entidades de classe e profissionais da área, prestadores de serviços do setor público e privado, e representantes do poder público municipal e estadual.

As atividades serão realizadas no teatro do Colégio Londrinense, localizado na Avenida Juscelino Kubitscheck, 1.652. O encontro é uma realização do Conselho Municipal de Saúde, juntamente com a Secretaria Municipal de Saúde.

Durante a conferência, serão debatidas propostas que se tornarão diretrizes em prol da saúde em Londrina, com base nos seguintes assuntos: Saúde Como Direito, Fortalecimento do SUS, Financiamento, Controle Social, e Atenção Básica. Essas propostas foram levantadas nas pré-conferências realizadas entre novembro de 2018 e fevereiro deste ano, com cada um dos quatro segmentos que compõem o Conselho Municipal de Saúde.

Londrina sedia Conferência de Saúde no fim de semana

Foto: Divulgação

Nestas pré-conferências, os participantes puderam se inscrever como delegados para terem direito à voz e voto na 14ª Conferência de Saúde. Ainda assim, o encontro será aberto a toda comunidade, que poderá participar na condição de observador ou ouvinte.

Para o secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, as conferências municipais são de grande importância dentro da construção das políticas públicas de saúde. “Há participação de vários segmentos, de forma organizada e paritária, e é um momento em que podemos fazer a avaliação da situação atual do sistema municipal de Saúde, bem como, de forma compartilhada, com todos os segmentos da sociedade civil organizada, construir propostas para as políticas públicas de saúde que queremos implementar dentro do nosso município. Além disso, essas propostas que são levadas em plenárias e aprovadas, e que vêm de vários setores da sociedade, servem como alicerces dos planos municipais de saúde”, detalhou.

Machado citou ainda a interligação entre as propostas selecionadas nas Conferências de Saúde, que ocorrem no âmbito municipal, estadual e nacional, com os financiamentos feitos com o Ministério da Saúde. “Os recursos do Ministério da Saúde vão estar atrelados às situações que permeiam as conferências, então os gestores terão esse acompanhamento próximo da sociedade civil. A programação e o planejamento vão ser cada vez mais ascendentes, ou seja, a sociedade vai ter uma importância muito grande neste processo. Classifico isso como algo muito produtivo e proveitoso, afinal é uma das características principais da gestão do prefeito Marcelo Belinati, que nos orienta muito a fazer essa gestão compartilhada, ouvir todos os setores da sociedade, discutindo e debatendo de forma ampla as melhores propostas e soluções”, acrescentou.

Programação – As atividades iniciam no sábado, às 8 horas, com credenciamento. Logo após, será formada a mesa de abertura, com presença de autoridades locais, e será feita a leitura do regimento da conferência. Às 10 horas da manhã, o promotor de Justiça Paulo Tavares, do Ministério Público, e o juiz federal Bruno Henrique Silva Santos, coordenador do Comitê Executivo de Saúde de Londrina, darão início a uma mesa com o tema da Conferência, seguida de debate com os participantes.

À tarde, todos os participantes serão divididos em dez grupos, para debater as 200 propostas elencadas nas pré-conferências. Eles irão discutir entre os integrantes de cada grupo, com presença de representantes de todos os segmentos, de forma a propor para cada uma das demandas políticas que possam ser implementadas na saúde do município.

O debate terá prosseguimento na manhã de domingo (24), onde cada grupo irá apresentar as propostas finais em plenária. E às 13h30, começa o processo de eleição das entidades representativas que irão compor o Conselho Municipal de Saúde durante o exercício 2019-2022.

Eleições – Dentre os delegados inscritos na fase municipal, serão escolhidos os que irão representar o Município na etapa estadual, que irá ocorrer de 11 a 13 de junho. Na Conferência Estadual de Saúde, Londrina possui 10 vagas para delegados do segmento usuários. Em relação aos segmentos trabalhadores e prestadores de serviço, haverá plenárias regionais, que serão realizadas no dia 12 de abril, no Hospital Zona Norte.  Além dos delegados, o município também deverá apresentar nove propostas na etapa estadual, sendo uma delas de âmbito nacional.

A diretora-geral da SMS, Rosilene Machado, explicou que uma nova metodologia está sendo implementada para que as propostas, levadas nas pré-conferências e na conferência municipal, sejam aplicadas de forma a beneficiar um número cada vez mais amplo de pessoas. “São recebidas muitas demandas pequenas, bem específicas, e essa nova metodologia busca transformá-las em uma política. E muita demanda específica sobre um mesmo assunto significa que há uma dificuldade, ou um avanço que precisa acontecer nessa determinada política. Por meio dessas propostas, queremos criar diretrizes que irão priorizar as questões de saúde do município. E a continuidade será por meio do Conselho Municipal de Saúde, que irá atuar nas ações e no monitoramento para resolução desses problemas, por meio do Plano Municipal de Saúde”, completou.

Fonte: Prefeitura de Londrina