Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
GH: Hormônio do crescimento é usado em cosméticos GH: Hormônio do crescimento é usado em cosméticos

GH: Hormônio do crescimento é usado em cosméticos

Tuesday, 29 de June de 2021
Categoria:

Além de reduzir rugas e marcas do tempo, GH também pode aumentar crescimento muscular 

O mercado de estética brasileiro está sempre em uma busca incansável para prometer o mais próximo possível da juventude nos produtos. Por isso, vários experimentos e investimentos em novas substâncias são feitos para alcançar essa promessa – e, muitas vezes, essas substâncias são encontradas no próprio organismo, como é o caso do famoso hormônio do crescimento, o GH (Growth Hormone). Capaz de prevenir o envelhecimento da pele e as manchas do tempo, o hormônio já é receitado somente sob supervisão médica para aqueles que apresentam problemas de crescimento ou na produção do hormônio.

Produzido pela glândula que sintetiza os hormônios e que regula as funções de diversos órgãos do corpo humano (hipófise), o hormônio é capaz de agir diretamente na produção de colágeno, na elastina e em outros nutrientes que reduzem a degradação das células, o que consequentemente diminui as rugas e posterga o aparecimento de novas. Ainda em fase de estudos para ser submetido à autorização da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), vários especialistas da área como dermatologistas defendem o uso do GH em cosméticos para prevenir o envelhecimento. Alguns produtos feitos com derivados do GH – os famosos peptídeos – já estão sendo testados, pois os peptídeos, além de estarem relacionados com o crescimento, também são capazes de controlar a diferenciação celular.

Enquanto os estudos são feitos, no entanto, é possível procurar outras formas de aumentar a sua produção do hormônio de crescimento, principalmente se você também pretende aumentar o seu crescimento muscular e o seu desempenho em exercícios físicos. Uma delas, muito recomendada por médicos e educadores físicos, é a prática de exercícios cardio em jejum. Essa é uma forma de se praticar exercícios aeróbicos antes mesmo de você fazer a sua primeira refeição do dia, pois, com o estômago vazio, o corpo consegue manter índices baixos de glicose e glicogênio, favorecendo ainda mais a queima de gordura. Como o foco são atividades aeróbicas, o ideal é fazer caminhadas, corridas, ciclismo ou mesmo natação.

Essa forma de praticar exercícios, além de estimular o crescimento de massa muscular e manter os baixos índices de glicose, ainda ajuda na queima mais rápida de gordura, influenciando diretamente no emagrecimento. Porém é muito importante que você consulte o seu médico, um educador físico ou um nutricionista para garantir que praticar cardio em jejum é uma possibilidade para o seu organismo – como cada organismo se comporta de maneiras diferentes, nem sempre uma dica de saúde vale para todos. Com a prática saudável de exercícios, aliada a uma alimentação equilibrada e acompanhamento profissional, tudo vale muito mais a pena.

Divulgação/Foto: istock