Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Games melhoram a memória, revela estudo Games melhoram a memória, revela estudo

Games melhoram a memória, revela estudo

Tuesday, 23 de June de 2020
Categoria:

Resultados relevantes são relacionados a jogos de aventura

Divulgação

Os jovens, em especial, costumam ser atraídos pelos diversos tipos de jogos e podem passar horas em frente ao videogame ou computador se aventurando em diferentes cenários. O planejamento de estratégias e a escolha de armas para ataque e defesa, que, em alguns jogos, vão de arco e flecha e carabinas de pressão a itens muito mais tecnológicos e atuais, desenvolvem capacidades mentais. É o que indica o estudo realizado pelo cientista Adam Hampshire, do Imperial College de Londres, em parceria com a BBC.

O teste, iniciado em janeiro de 2020, analisou mais de 250 mil pessoas, sendo, com esse número, o maior experimento de inteligência já realizado no mundo. Os integrantes do extenso grupo responderam perguntas sobre si mesmos e depois foram expostos a atividades. Dados obtidos com os testes informam sobre como o estilo de vida, personalidade e uso da tecnologia influenciam na inteligência. .

O principal resultado relacionado a games é o desenvolvimento da memória. A intenção dessa parte do levantamento, a princípio, era perceber os impactos que a tecnologia tem na mente humana, Os cientistas analisaram aspectos como quais tipos de aparelhos o grupo testado utilizava, a freqüência de uso e o que consumiam online, como entretenimento, acesso a redes sociais e sites de compras.

A maioria dessas atividades não apresentava ligação alguma com as características cognitivas dos participantes, com exceção dos jogos digitais. Diferentemente do que muitos esperavam, o resultado obtido com os que passavam mais tempo utilizando esse tipo de diversão tecnológica foi positivo.

Eles tiveram desempenho relevantemente maior em testes de memória de trabalho espacial – os quais colocam à prova a capacidade de lembrar onde estão os itens em determinado ambiente –, atenção e raciocínio verbal.

Isto é, descobriu-se que os jogos influenciam no desenvolvimento do principal componente da inteligência: a memória de trabalho, que é a capacidade de manter temporariamente as informações ativas para uso em diferentes atividades cognitivas, como compreensão ou pensamento.

Os cientistas perceberam que o tipo do desafio também provoca diferenças. “Os resultados mais confiáveis falam especialmente dos videogames de ação, aqueles que envolvem navegar em diferentes ambientes, encontrar alvos visuais e tomar decisões rápidas. Mas até mesmo jogos de quebra-cabeças espaciais, como o Tetris, são benéficos”, explica a especialista Louise Nicholls, da Universidade Strathclyde, para a BBC.

“No entanto, precisamos fazer mais pesquisas para saber, por exemplo, qual é o número ideal de horas de jogo, porque, às vezes, o hobby afeta as horas de sono e exercício e deixa de ser um benefício”, conclui Nicholls.

Fonte: Conversion