Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Fotógrafa londrinense participa de evento nacional de performance no Rio de Janeiro Fotógrafa londrinense participa de evento nacional de performance no Rio de Janeiro

Fotógrafa londrinense participa de evento nacional de performance no Rio de Janeiro

Monday, 21 de March de 2011
Categoria:

A fotógrafa londrinense e professora da UEL Fernanda Magalhães integra a programação do Festival Performance Arte Brasil, coordenado pela curadora carioca Daniela Labra, no Museu de Arte Moderna no Rio de Janeiro.

A artista foi convidada para realizar seu trabalho ?Corpo Re-Construção Ação Ritual Performance? no próximo dia 25 de março, sexta-feira, às 14h30, nos Pilotis do prédio do MAM-Rio. As pessoas interessadas poderão se inscrever na hora para participar da performance da artista.

O evento, que acontece de 22 a 27 de março e tem entrada franca, enfatiza o trabalho de artistas que trabalham com o conceito de performance em diversos suportes a partir do ponto de vista das artes visuais. A programação inclui ações ao vivo, palestras, vídeos, filmes de artista e videoinstalações, reunindo  cerca de 50 artistas.

?Conceitualmente, pode-se dizer que as atrações se dividem em dois núcleos: o Contemporâneo, que localiza artistas e pesquisadores com carreiras iniciadas há menos de quinze anos; e o Histórico, que discute artistas, obras e acontecimentos de referência cuja revisão crítica integra o projeto de construção de uma historiografia da performance arte nacional, ainda em formação?, explica Daniela Labra, curadora da mostra.

Além de debates e mostras organizadas por curadores brasileiros como o paranaense Paulo Reis que apresenta no evento uma recente mostra que inclui trabalhos de Fernanda Magalhães. Entre os artistas destacam-se ainda Yftah Peled, Margit Leisner, Alex Hamburger, Armando Queiroz, Franklin Cassaro e Marcus Vinícius.

A performance ?Corpo Re- Construção Ação Ritual Performance?, que ganhou destaque no livro homônimo da fotógrafa (http://www.fernandamagalhaes.com.br/) lançado no final do ano passado, consiste na proposta de produzir um trabalho interativo com o público que, através da oferta de partes do corpo de cada participante que são entintadas pela artista, constrói um novo corpo de forma fragmentada.

A proposição é justamente colocar em debate a fragmentação do sujeito contemporâneo, suas identidades múltiplas, as angústias, as aproximações e os desafios de uma sociedade caracterizada essencialmente pela diversidade.

Este trabalho de performance, segundo a artista,  nasceu das lembranças de sua infância com o pai, o jornalista Antonio Vilela de Magalhães e também de dois trabalhos desenvolvidos em 2002 – Impressões da Memória e A Expressão Fotográfica e os Cegos. Os desdobramentos desses trabalhos e de sua memória de infância resultaram na proposição, que traz alguns de seus trabalhos performáticos realizados com grupos diversos.

?O projeto surgiu a partir da minha experiência com uma grave doença e da constatação que sempre precisamos do outro para nos reconstruir. E desta relação vital com o outro, os outros/outras surgiu o trabalho que é essencialmente um trabalho coletivo, com muitos coletivos já que a proposta acontece com grupos diversos?, revela Fernanda Magalhães.

Este é o primeiro de uma série de eventos que a artista londrinense irá participar este ano. O cronograma inclui ainda uma exposição em maio dentro da programação do FotoRio e  uma mostra individual no evento FOTOGRAMA em Montevidéo, Uruguai, no mês de novembro.

Fonte: Doc Comunicação