Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
ExpoCultura traz o conceito de Arte ao Vivo ExpoCultura traz o conceito de Arte ao Vivo ExpoCultura traz o conceito de Arte ao Vivo

ExpoCultura traz o conceito de Arte ao Vivo

Tuesday, 04 de April de 2017

Evento terá a participação de 22 artistas, a maioria deles participando desde a 1ª edição

ExpoCultura traz o conceito de Arte ao Vivo - LondrinaTur

Divulgação

A Expocultura 2017, que este ano chega à sua 4ª edição dentro da programação da ExpoLondrina, traz o conceito de  Live Art ou Arte Ao Vivo. Neste formato, artista e público têm um contato direto e muito mais rico, pois a troca de informações entre eles ocorre de forma mais natural. A Expocultura já está consolidada entre os artistas que veem neste evento um importante espaço para a divulgação da sua arte.

Neste ano, o evento terá a participação de 22 artistas, a maioria deles participando desde a 1ª edição. A ExpoCultura terá trabalhos com as mais diversas técnicas:  telas, esculturas, kirigami, quadros e grafites. Todos os trabalhos serão realizados ao vivo e o público também poderá adquirir os trabalhos expostos.

Estão previstas ainda duas oficinas, realizadas de 03 a 07 de abril, direcionadas a escolas com Angelo Cesar Meneghetti oficina de kirigami (do japonês: de kiru, “recortar”, e kami, “papel”);  Alexs Tcho com oficina de biscuit; lançamento do livro  infantil “A árvore que não queria morrer”, de Noemia Leles de Freitas e contação de história pela manhã.

Participam também os artistas Edson Massuci com jornal resinados (papie cole); Huggo Rocha e seu grupo de grafiteiros; Cauê Taiguara;  Daniella Araujo;  Ricardo Zolinger Zanin,  Daniele Stegmann, A. Cervantes; Odil;  Ana Nehring; Raquel Palma; Hígor Mejïa.

No domingo (09) das 9h às 12h, o grupo Urban Sketchers fará desenhos pelo parque. Formado por cerca de vinte membros, a proposta é fazer registros da cidade de Londrina através do desenho e, além disso, trocar informações e aprendizado sobre esta arte. Os encontros ocorrem desde março de 2015, são abertos ao público, gratuitos, e as regras são baseadas no manifesto do Urban Sketchers, grupo mundial que pratica o desenho de observação.

Fonte: Divulgação