Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Estreia o curta-metragem “Urbex: espaços abandonados – Londrina” Estreia o curta-metragem “Urbex: espaços abandonados – Londrina”

Estreia o curta-metragem “Urbex: espaços abandonados – Londrina”

Monday, 28 de March de 2022
Categoria:


O vídeo ficará disponível entre os dias 29 e 31 de março no Youtube e Instagram; produção conta com o patrocínio do Promic

O curta-metragem “Urbex: espaços abandonados – Londrina”, vídeo que reúne histórias de construções abandonadas na cidade, estará disponível para acesso nesta terça-feira (29), às 19h30, no Youtube e no Instagram @urbexlondrina. O público poderá assistir à produção nessas mídias até quinta-feira (31), à meia-noite. O vídeo é um projeto da londrinense Raíssa Bessa, arquiteta e urbanista, atriz, produtora e artista, sendo parte do resultado de sua pesquisa de doutorado na área de Planejamento Urbano.

Este trabalho foi criado com uma linguagem poética relatando como a cidade de Londrina foi vendo seus espaços sendo invadidos e abandonados pelos mais diferentes motivos. Retrata, assim, lugares que deveriam ser espaços de convivência, histórias, arte e cultura, e que acabam se constituindo em espaços sem uso produtivo. O projeto é patrocinado pela Secretaria Municipal de Cultura, por meio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic).

Segundo Raíssa Bessa, a idealização do curta-metragem partiu da busca por questionamentos, passando, entre diversos aspectos, pelos direitos dos cidadãos e cidadãs. “Um desses direitos é querer que os lugares sejam preservados e não sejam abandonados nem destruídos. Muitos espaços fazem parte da história de Londrina, e não podemos permitir que nossa cidade venha a perder a sua identidade, é necessário trazer à tona este tema, propor e estimular a reflexão sobre tais locais” destacou.

O projeto revela uma cidade rica com inúmeros espaços, que ao mesmo tempo é lugar de coerção e manifestação de ódio. Há lugares que contam, ou deveriam contar histórias, mas são deixados de lado, colocados no chão, se tornando abrigos para pessoas sem-teto ou usuárias de drogas.

Muitos lugares retratados encontram-se abandonados, sendo alguns deles obras que há muitos anos tiveram início mas foram paradas, construções que foram começadas com uma finalidade e não se concretizaram. Assim ocorre com o que deveria ser o Teatro Municipal, o que era o Hotel Sahão, no centro da cidade, o Shopping Automotivo na Leste-Oeste, entre outros pontos.

Raíssa Bessa ainda relatou que Londrina é uma cidade muito rica artística e culturalmente, sendo o Promic uma ferramenta que contribui para a formação desse cenário em diversos segmentos de produção. “O Promic é muito importante na valorização e incentivo à arte, fomentando uma grande parcela do que é criado na cidade. Isso significa ganho cultural para a região, muitas vezes ganho educativo também, já que muitos projetos incentivados possuem esse cunho e ajudam a ampliar o entendimento sobre vários temas”, frisou.

O documentário Urbex: espaços abandonados – Londrina, tem o roteiro assinado pela própria Raíssa Bessa e pelo escritor e poeta londrinense Eduardo Baccarin Costa, conta com trilha sonora do músico londrinense Fabrício Martins e Paulo Vitor Poloni ,que também faz a narração ao lado de Raíssa e da atriz Raquel Sant’Anna, tendo a montagem da arquiteta e urbanista Louisa Savignon e arte gráfica de Rafael Santana.

Fonte: N.Com