Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Espaço Multiplique recebe curso ‘Prospecção de Vendas por Telefone e Pós-Venda’ Espaço Multiplique recebe curso ‘Prospecção de Vendas por Telefone e Pós-Venda’

Espaço Multiplique recebe curso ‘Prospecção de Vendas por Telefone e Pós-Venda’

Tuesday, 15 de August de 2017
Categoria:

Prospectar clientes por telefone é uma boa estratégia, mas tem regras

Prospectar e manter um cliente nem sempre é uma tarefa fácil. O relacionamento adequado com o público-alvo, por sua vez, é o principal caminho para a realização e manutenção de vendas e negócios. Para isso, os caminhos são variados, mas uma boa estratégia é o contato via telefone, conforme avalia a consultora empresarial Fafita Lopes Perpétuo, da Foco Consultoria e Treinamento.

A prospecção, observa a consultora, é o momento em que começa o relacionamento da empresa com o cliente, é o namoro, que tem que ser desenvolvido até que o interessado efetue a compra. “Depois é importante cuidar desse ‘casamento’. E o contato via telefone é um meio muito interessante para manter essa ligação”, reforça. Para falar sobre o assunto, a consultora ministra em Londrina o curso “Prospecção de Vendas por Telefone e Pós-Venda”, nos dias 15 e 16 de agosto, no Espaço Multiplique. Segundo ela, entre os pontos que serão abordados com os participantes estão como captar novos clientes, como fazer a abordagem por telefone, o código de ética para fazer o contato por telefone, como usar o WhatsApp para vender e como vender mais para o mesmo cliente.

Fafita pontua que existem muitas formas de se contatar um cliente atualmente, mas que o telefone ainda é uma ferramenta fundamental. O uso de meios eletrônicos, como e-mail e redes sociais, acrescenta ela, são muito válidos para ‘alimentar’ o relacionamento com o consumidor, mas a empresa precisa avaliar a familiaridade do seu público com esses canais e se a cultura da companhia também está alinhada nesse sentido. “Avaliados esses pontos, em especial para contatos de prospecção, o telefone é o ideal para os primeiros contatos e os meios eletrônicos são ferramentas complementares”, avalia.

Sobre o uso do WhatsApp para se relacionar com o cliente, a consultora ressalta que é uma ferramenta complementar ao telefone. “É preciso evitar abordar um potencial cliente num primeiro contato pelo aplicativo de mensagens, pois pode parecer invasivo e o interessado pode facilmente não responder”, alerta Fafita. A preocupação dela é que ao usar os meios eletrônicos para prospectar cliente sua empresa pode ser tranquilamente descartada. “Pelo telefone podemos pelo menos tentar argumentar. A voz é um importante instrumento de convencimento”, destaca.

Mas o contato por telefone, avisa a consultora, precisa seguir algumas regras de conduta. A Associação Brasileira de Teleserviços (ABT) tem um código de ética, que é uma referência às boas práticas do serviço. Entre os pontos estão que os responsáveis pelo serviço devem assegurar o respeito aos consumidores, sendo que o contato somente pode ser feito de segunda a sexta-feira, das 9:00 às 21:00 horas, e aos sábados das 10:00 às 16:00 horas. “Além disso, não são admitidas ligações a cobrar para os consumidores, nem ligações aos domingos e feriados nacionais”, reforça Fafita.

Sobre o treinamento que vai ministrar, Fafita informa que o programa tem como temática principal o desenvolvimento do script de vendas a ser utilizado para contatos por telefone. “Durante estes dois dias os participantes irão desenvolver seu próprio script, definir quais são as objeções com as quais mais se deparam e como contorná-las”, conta. A consultora explica que script de vendas é a nomenclatura mais conhecida no mercado, mas que procura trabalhar para que esta ferramenta seja um roteiro que o profissional vai adotar na sua rotina. “Uma sequência mental para usar em seus contatos, sem decorar ou precisar ler”, frisa.

Fonte: Divulgação