Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Equipe de atletismo visita Prefeitura e apresenta novo projeto Equipe de atletismo visita Prefeitura e apresenta novo projeto

Equipe de atletismo visita Prefeitura e apresenta novo projeto

Thursday, 12 de December de 2019

Objetivo é ampliar o que vem sendo executado em Londrina e levar o atletismo até as escolas municipais com a ajuda da Confederação Brasileira

 

Equipe de atletismo visita Prefeitura e apresenta novo projeto

Foto: Vivian Honorato

 

Na manhã desta quinta-feira (12), a equipe de atletismo de Londrina se reuniu com o prefeito Marcelo Belinati para apresentar suas conquistas de 2019 e um novo projeto para a área. Além deles, participaram do encontro o vice-presidente do Conselho de Administração da Confederação Brasileira de Atletismo, Wlamir Motta Campos, o diretor do Centro de Educação Física e Esporte da Universidade Estadual de Londrina (CEFE/UEL), Leandro Altimari, o Instituto Paranaense de Esporte e Cultura (IPEC), Wagner Lopes, e representantes da Fundação de Esportes de Londrina (FEL).

O objetivo do novo trabalho é ampliar o que vem sendo executado em Londrina e levar o atletismo até as escolas municipais, por meio de recursos financiados pela Caixa Econômica Federal (CEF) e coordenados pelo Confederação Brasileira de Atletismo. O projeto Atletismo na Escola foi lançado em junho deste ano, em Bragança Paulista, onde está a sede da confederação, e atende a 24 municípios.

De acordo com Campos, Londrina seria a segunda cidade a receber o projeto-piloto, que visa primeiramente capacitar todos os professores de educação física da rede municipal de ensino. Assim, os professores apresentam o esporte a todos os estudantes, eventos esportivos são realizados para os alunos competirem e aqueles que se destacarem passam a fazer parte da equipe de treinamento em polos adequados.

 

Equipe de atletismo visita Prefeitura e apresenta novo projeto

Foto: Vivian Honorato

 

“Nosso objetivo é democratizar a prática do atletismo. Fazer com que o professor tenha condições de repassar conhecimento para seus alunos e selecionar os que mais se destacarem. Isso porque, o atletismo, diferente do basquete ou do vôlei, por exemplo, é um esporte de base e tem espaço para todo mundo, seja alto, baixo, rápido, lento, resistente, magro ou gordo”, acredita o vice-presidente da confederação.

Na oportunidade, o prefeito elogiou os atletas pelas conquistas alcançadas e disse que considera o esporte uma das principais áreas que devem ser investidas no município. Isso porque, através dele os jovens e crianças aprendem valores e princípios que podem levar para toda vida. “Nós fizemos o planejamento do esporte antes mesmo de assumir a Prefeitura. Fomos até a Câmara conversar com os vereadores sobre o aumento dos repasses para a área, porque esporte é vida e saúde. Hoje, nós mais do que dobramos o orçamento da área”, disse Marcelo.

Segundo ele, quando assumiu a gestão havia apenas 27 equipes esportivas, sendo que hoje são mais de 70. Além delas, eram 700 jovens envolvidos em projetos do esporte e atualmente são cerca de 4 mil. O Município também tem investido na revitalização de praças esportivas, com alambrados novos, melhorias de quadras esportivas, reconstruindo campos de futebol, com iluminação adequada e atraindo novas competições para a cidade, como os Jogos da Juventude, Parajaps, Jogos Abertos.

Quanto a isso, o coordenador do projeto Londrina de Atletismo e técnico da equipe, Gilberto Miranda, avaliou o trabalho realizado durante os 20 anos de existência do projeto e explicou que considera o maior do Brasil, pois é o único que atende desde o sub-16 até alto rendimento. “Tivemos um trabalho contínuo e, nesses últimos 20 anos, somamos 20 títulos nacionais, 102 convocações de atletas e 31 convocações de treinadores e com a parceria da FEL, da CBA, da UEL e do IPEC funcionamos muito bem. Esses troféus acabam formando novas ideias para 2020 e queremos voltar a fazer projetos sociais”.

Os atletas conquistaram todos os títulos estaduais paranaenses femininos (Sub-16, Sub-18, Sub-20, categoria adulto, Jogos da Juventude e Jogos Abertos), campeões masculinos no Sub-18 e Sub-20, campeões brasileiros no Sub-18 geral e Sub-18 feminino, vice-campeões geral brasileiro no sub-16 feminino, terceiro colocado no Sub-16 geral e foi a quinta melhor equipe feminina do Brasil.

 

Equipe de atletismo visita Prefeitura e apresenta novo projeto

Foto: Vivian Honorato

 

Atualmente, cerca de 120 atletas, dos 9 aos 26 anos, são atendidos pelo projeto, que recebe repasses da Prefeitura Municipal, por meio do Fundo Especial de Incentivo a Projetos Esportivos (FEIPE). Para o ano de 2019, o município destinou R$ 700 mil para o projeto. “O prefeito disse que faria a diferença no esporte e é o que ele está fazendo há três anos. Está sempre em busca de recursos e do melhor para todas as modalidades. O que vemos hoje, Londrina não via há 20 anos e são os resultados aparecendo”, parabenizou o diretor-técnico da FEL, Claudemir Fattori.

Sabendo da importância do financiamento das modalidades esportivas, o Instituto Paranaense de Esporte e Cultura tem treinado os gestores públicos para a apresentação de projetos e busca de recursos públicos nas três esferas governamentais. “Quando começamos no IPEC, há 4 anos, a verba era menos da metade do que é hoje. Através do FEIPE conseguimos fomentar as 14 modalidades ofertadas no instituto e vimos a cidade trazer campeonatos como os Jogos Abertos e da Juventude que não víamos há muito tempo em Londrina”, lembrou Lopes.

Além das autoridades já mencionadas, esteve presente no gabinete do prefeito, o deputado estadual do Paraná, Tercílio Turini, os profissionais da FEL e os atletas do atletismo londrinense.

Fonte: N.Com