Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Creme natural para os pés da Passiphlora

Creme natural para os pés da Passiphlora

Wednesday, 12 de December de 2018
Categoria:

Elimina rachaduras e proporciona um alívio do cansaço e daquela sensação de peso ao final do dia

A atenção com os pés não é apenas uma questão estética, mas também de saúde, problemas como calosidades e rachaduras podem ser tornar realmente sérios, por isso deve se ter um cuidado especial com quem nos sustenta durante o dia todo.

Creme natural para os pés da Passiphlora

O Creme Natural para pernas e pés da Passiphlora possui em sua fórmula os óleos essenciais de Lavanda, Cipreste e Patchouli. Ele elimina rachaduras e proporciona um alívio do cansaço e daquela sensação de peso ao final do dia. Além disso, seu aroma acalma as tensões, mantém o equilíbrio emocional e nutri o amor-próprio.

Passe na Passiphlora e saiba mais sobre o Creme e outros produtos!

(43) 3024-6464

Rua Prof. João Cândido, 771 – Londrina/PR

WhatsApp: http://bit.ly/FarmaciaPassiphlora

Sobre a Farmácia Passiphlora

A Passiphlora Farmácia de Manipulação existe há quase 20 anos e trabalha com base no comprometimento, no respeito e na ética para contribuir com a saúde, o bem estar e a beleza de seus clientes. Para isso, valorizam os detalhes e cuidados para que os resultados sejam sempre os melhores. A cada ano, investem mais em treinamentos e tecnologias específicas para o crescimento dos colaboradores, com o objetivo de se tornar a melhor farmácia para trabalhar na região. Os clientes são cuidados desde sua chegada, com a disposição de estacionamento, ambiente climatizado, atendimento e qualidade, fórmulas entregues na hora e dia marcados, com qualidade e responsabilidade. Os cuidados com os aspectos ambientais estão na mesma intensidade e vão além do cumprimento das leis, pois há amplo apoio e incentivo às práticas sustentáveis. Acreditar no ser humano e investir em desenvolvimento é uma pequena forma de demonstrar a paixão da equipe Passiphlora por seu trabalho.

Fonte: Divulgação