Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Corpos significantes em cena no  9º Festival de Dança de Londrina 2011 Corpos significantes em cena no  9º Festival de Dança de Londrina 2011

Corpos significantes em cena no 9º Festival de Dança de Londrina 2011

Tuesday, 04 de October de 2011
Categoria:

O 9º Festival de Dança reúne, em sua penúltima noite, dois espetáculos originados de pesquisas cênicas em dança contemporânea realizadas em  instituições de ensino da cidade. Da Escola Municipal de Dança, o Ballezinho de Londrina apresenta ?Móbile ? Work in Progress?;?Viés? nasceu de um projeto da Universidade Estadual de Londrina. As duas montagens podem ser conferidas nesta quarta-feira (5), às 20 horas, no Teatro Ouro Verde.

O palco nu é o não-cenário onde todas as atenções voltam-se para os corpos e para a capacidade de significação do movimento. Em ?Móbile ? Work in Progress?, que abre a noite, cerca de 20 jovens bailarinos deslocam-se pelo espaço, inventam formações geométricas, criam aglomerados dinâmicos que lembram a peça que dá nome ao espetáculo. Em ?Viés?, o elenco tenta romper os clichês da movimentação tradicional, como ?o corte enviesado de uma costureira que rompe a trama de fios horizontais e verticais? ? exemplifica o diretor Aguinaldo de Souza.

?Móbile ? Work in Progress?

Um espetáculo sempre aberto a mudanças. Este é o conceito que motivou o Ballezinho de Londrina a propor a transformação de ?Móbile?, montagem que estreou em 2010, em um trabalho ?work in progress?. ?É uma obra de arte que, a cada momento, sofre alguma alteração que a faz ganhar novos sentidos; inteligível, mas sem apresentar uma forma definitiva?, explica o diretor Wagner Rosa.

De acordo com ele, uma característica do Ballezinho de Londrina é o fato de dançarem em espaços não tradicionais, como locais públicos, escolas ou ambientes abertos. Isso faz com que, constantemente, o grupo tenha de reconstruir e transformar cenas de modo a adequá-las às novas condições. ?Móbile é uma peça que possui um eixo central e justamente esta mobilidade possível sem fugir do mesmo tema?, diz o diretor.

Viés

A Cia L2 pensou em todas as possibilidades de rompimento dos clichês para elaborar uma coreografia que, além de uma concepção estética, oferece reflexões existenciais sobre a padronização da própria vida. A montagem estréia no Festival de Dança 2011 após três meses de elaboração e após um ano e meio de pesquisas sobre o papel da dança na presença cênica do artista. ?Viés? é fruto do projeto ?Treinamento técnico e sistematização de processos do trabalho de ator?, coordenado por Aguinaldo e vinculado à Universidade Estadual de Londrina.

Ao longo deste tempo, os treze estudantes que compõem o elenco encararam o desafio de investigar a obra de grandes encenadores do século XX – como Pina Baush, Kurt Joos, Martha Graham, David Parsons e Steve Paxton – com o objetivo de entender ?na síntese de teatro e dança, como o ator desenvolve a preparação de sua presença?. O resultado acabou integrando também, no formato de um ciclo de seminários, a programação didática do Festival 2011.

O que se tem em cena é o enfrentamento dos atores-bailarinos com a normalidade e banalidade da existência comum. A música desaparece para deixar ressoar a voz de suas memórias. Em outro momento, duas trilhas eletrônicas, executadas do palco, confrontam-se. A voz também surge dizendo frases recolhidas em entrevistas que alguns integrantes do projeto realizaram com pessoas comuns.

?Móbile ? Work in Progress? e ?Viés? serão apresentados em sequência, com um pequeno intervalo. Ao todo, a programação desta quarta-feira do 9º Festival de Dança de Londrina possui 70 minutos.

Fonte: Assessoria do 9° Festival de Dança de Londrina 

Mais detalhes:

Móbile - Work in Progress (Ballezinho de Londrina) e Viés (Cia L2 ? Londrina) Data: Quarta-feira (05/10) Horário: 20h Local: Teatro Ouro Verde Duração: 70 minutos Ingressos: R$10 e R$5 (meia-entrada) Promoção ? Os 100 primeiros convites ganham uma cortesia Pontos de venda: Escola Municipal de Dança (Rua Souza Naves, 2380 ? 3342-2362), Loja Shop Ballet (Rua Pio XII, 64 loja 3 - 3323-4717) e Loja Capézio (Rua Paranaguá 921 loja, 3 - 3324-6905).