Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Concha Acústica recebe evento em prol da paz e da tolerância religiosa

Concha Acústica recebe evento em prol da paz e da tolerância religiosa

Friday, 18 de January de 2019

São esperadas lideranças de 15 religiões, que se expressarão sobre o tema alusivo ao Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa

Neste sábado (19), das 8 às 10 horas, será realizado o 4ª Londrina Religiões Unidas pela Paz e em Prol da Tolerância Religiosa, na Concha Acústica. O evento unirá diversas religiões e é alusivo ao Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa, celebrado no dia 21. Toda a comunidade londrinense está convidada a participar.

A iniciativa é uma realização Grupo de Diálogo Inter Religioso de Londrina (GDI), no qual participam 15 denominações religiosas, além de instituições e órgãos como a Prefeitura de Londrina e o Conselho Municipal de Cultura de Paz (Compaz). O objetivo é discutir sobre o problema da intolerância gerado pela desrespeito às diversas crenças existentes no mundo.

Concha Acústica recebe evento em prol da paz e da tolerância religiosa

Foto: Wilson Vieira

Segundo um dos representantes do Compaz no GDI, Luiz Cláudio Galhardi, cada representante religioso falará de 3 a 5 minutos sobre o tema. Devem comparecer integras das religiões católica, evangélica, espiritismo, judaísmo, islamismo, budismo, umbanda, candomblé e seicho-no-ie. “É importante discutir este assunto, pois as estatísticas mostram que a intolerância religiosa leva até ao assassinato de pessoas, muitas vezes por desconhecimento e por preconceito. Por isso é fundamental abordarmos este tema, para conhecermos as ideias de cada religião e diminuirmos esta intransigência”, apontou.

Após o encerramento do evento, programado para às 10 horas, os participantes farão uma caminhada até o Calçadão, onde farão um abraço pela paz. Este é o quarto ano que a iniciativa é realizada em Londrina. No ano passado, a ação reuniu cerca de 200 pessoas. Este ano, a expectativa receber igual número de participantes. Para discutir os últimos detalhes da programação, haverá uma reunião na noite desta terça-feira (15), às 20 horas, na Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, que fica na Rua Belo Horizonte, 1.236.

Sobre a data – O Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa foi instituído pela Lei nº 11.635, de 27 de dezembro de 2007. A data rememora o dia do falecimento da yalorixá Gildásia dos Santos, conhecida como Mãe Gilda, vítima de intolerância por ser praticante da religião de matriz africana. Ela foi acusada de charlatanismo e pessoas da comunidade foram agredidas. Com a saúde fragilizada em decorrência de agressões morais, a líder religiosa faleceu vítima de infarto, no dia 21 de janeiro de 2000.

Fonte: N.Com