Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Como manter uma alimentação saudável comendo fora de casa Como manter uma alimentação saudável comendo fora de casa

Como manter uma alimentação saudável comendo fora de casa

Thursday, 14 de July de 2022
Categoria:

Créditos: iStock

A falta de tempo para preparar refeições em casa leva os brasileiros a optar por opções mais práticas

Uma pesquisa realizada pelo IBGE sobre a Pesquisa de Orçamentos Familiares, feita no ano de 2018, apontou que em torno de 32% da população brasileira se alimenta fora de casa. É um número relevante, pois significa que um terço dos brasileiros têm essa rotina.

Já se sabe que o tempo está cada vez mais curto; lidar com casa, família, filhos, estudo, trabalho, praticar exercícios e ter uma vida social é desafiador, e esta rotina faz parte da vida dos brasileiros. Na maioria das vezes, por conta da falta de planejamento e tempo, as pessoas são obrigadas a optar por se alimentar fora de casa, por ser mais rápido e prático.

Porém a alimentação é um fator muito importante para a saúde das pessoas, pois ela influencia em todo o corpo, e para quem deseja mantê-lo saudável e se preocupa com estes fatores, é necessário que faça opções que o beneficiem.

Primeiramente, ao decidir que irá comer fora durante a semana na hora do almoço, na empresa, por exemplo. É preciso organizar o dia para ter um horário fixo de almoçar, pois esse hábito irá ensinar ao organismo que em determinada hora o seu corpo irá se alimentar, e isso faz com que naquele momento não sinta tanta fome e não faça pratos exagerados; então, naquela hora de se alimentar, a pessoa passa a comer o necessário para aquela refeição, ingerindo as quantidades adequadas de calorias que o corpo precisa.

Outra dica que pode ser uma maneira de economizar, por exemplo, é fazer as próprias marmitas para levar ao trabalho. Caso prefira, é possível se organizar em um dia para cozinhar, preparar as marmitas, congelá-las e ir retirando do freezer à medida que for necessário. Desta forma, é possível saber os temperos que foram utilizados naquele preparado e, consequentemente, cozinhar alimentos ricos em nutrientes e vitaminas.

No caso do café da manhã, que é a primeira alimentação do dia, ele deve ser bem nutritivo para que durante o dia não sinta tanta fome e acabe exagerando nas escolhas quando for se alimentar novamente. Por isso, optar por um café da manhã com ovo, banana, aveia, granola, tapioca e pães integrais ajuda na saciedade, além de optar por ingerir alimentos com baixo índice glicêmico, pois mantêm o corpo saudável, saciado e nutricionalmente rico em vitaminas, fibras e proteínas.

 Ao ir a algum restaurante, evite opções como fast food ou lugares que contenham muita massa, com uma alimentação baixa em nutrientes e com valores elevados de carboidratos. Preferir se alimentar em restaurantes mais saudáveis, com bastante opções de saladas, legumes, vegetais, carnes magras e frutas como sobremesa, é uma ótima opção, caso tenha que ir a algum lugar para comer. Também aproveite este momento para buscar um restaurante onde aceita vale-alimentação ou refeição.

O mais importante é manter uma rotina que beneficie a saúde corporal, buscando sempre ter equilíbrio, fazendo escolhas certas na hora de se alimentar fora de casa.