Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Município terá castramóvel para controle de natalidade de animais Município terá castramóvel para controle de natalidade de animais

Município terá castramóvel para controle de natalidade de animais

Monday, 17 de June de 2019

O município de Londrina irá contar em breve com um castramóvel, veículo que será utilizado em procedimentos de castração cirúrgica para o controle de natalidade de animais domiciliados e semi-domiciliados. O trailer não-motorizado já foi adquirido e é equipado para funcionar como um centro cirúrgico, para realizar serviços de castração de cães e gatos em todas as regiões do município, visando minimizar os impactos de abandono e maus-tratos aos animais.

O trailer custou, aproximadamente, R$ 100 mil e foi adquirido com recursos da Prefeitura. A Secretaria Municipal de Saúde irá disponibilizar um veículo para conduzir o trailer durante os atendimentos. Segundo o secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, o castramóvel deve estar em funcionamento dentro de 60 dias. “Em breve faremos um chamamento público ou licitação para credenciar as clínicas parceiras para realizarem o procedimento de castração”, contou.

Município terá castramóvel para controle de natalidade de animais

Foto: Ilustração

Machado destacou que o castramóvel consolida, ainda mais, a política pública voltada para a área animal, que há mais de 20 anos estava esquecida na administração pública e agora está sendo construída, na gestão do prefeito Marcelo Belinati. “Já tivemos diversos avanços, como a criação do Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais (COMUPDA) e o Fundo Municipal de Proteção aos Animais (FUPA) e agora a chegada do castramóvel vai possibilitar ampliarmos, ainda mais, o nosso programa municipal de castração”, lembrou.

A diretora de Bem-Estar Animal da Secretaria Municipal do Ambiente (SEMA), Graziella Santana Damante, disse que o castramóvel vai ao encontro com uma das demandas da diretoria, que é o controle populacional de animais. “Isso é fundamental para que possamos ter uma política pública efetiva em prol dos animais em Londrina e é uma das preocupações da diretoria, que também atua no incentivo à posse responsável e adoção de animais e na fiscalização de maus-tratos aos mesmos”, disse.

A vereadora Daniele Ziober, que apresentou o projeto do castramóvel para o prefeito e é defensora da causa animal na cidade, apontou que atualmente há um grande índice de natalidade de animais em Londrina e que o primeiro passo, na construção de uma política pública voltada para os animais, é fazer o controle disso. “Atualmente, temos cerca de 60 mil animais abandonados e semi-domiciliados na cidade, sendo que nascem, semanalmente, uma média de 40 filhotes. Além de fazer o controle populacional dos animais, pretendemos ter uma equipe de estagiários, voluntários e protetores de animais que vão esclarecer a comunidade sobre saúde animal, vacinas e chipagem”, disse.

Fonte: Prefeitura de Londrina