Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Campanha arrecada nove toneladas em três dias. É preciso muito mais

Campanha arrecada nove toneladas em três dias. É preciso muito mais

Monday, 30 de March de 2020

A parceria com a ACIL, Arquidiocese de Londrina e várias outras igrejas e entidades deve minimizar o sofrimento de parte das famílias vulneráveis.

Campanha arrecada nove toneladas em três dias. É preciso muito mais

Foto: Divulgação

A Campanha para arrecadar alimentos e outros itens para as famílias em situação de vulnerabilidade em Londrina recebeu nove toneladas de produtos em apenas três dias. As  doações em alimentos foram divididas em 600 cestas básicas, que começaram a ser entregues na semana passada para as famílias cadastradas nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS). É necessário, porém, que o voluntariado cresça muito.  As expectativas é de que a crise econômica seja intensa e longa.

A secretária municipal de Assistência Social, Jacqueline Marçal, explicou que a secretaria está centralizando a entrega. “Cada cesta é repassada a partir de uma avaliação técnica. Estamos monitorando todas as solicitações de benefícios para atingir o maior número de famílias, conforme cadastro da Assistência”, disse.

Campanha arrecada nove toneladas em três dias. É preciso muito mais

Foto: Divulgação

A prefeitura disponibilizou três pontos de coleta dos donativos, ou seja, para as pessoas que desejam doar os itens: CMEI Valéria Veronesi/Super Creche (drive thru/dentro do carro), na Rua Benjamin Constant, 800 (entrada pela Rua Minas Gerais); Centro Cultural da Região Norte (drive thru), na Avenida Saul Elkind, 790; Espaço Dom Bosco, na Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, Rua Dom Bosco, 55.

As doações continuam e podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 9 às 17 horas.  Os itens estão sendo recebidos em esquema de drive-thru, sem que o doador saia do seu veículo. Podem ser doados alimentos não perecíveis e produtos de higiene pessoal e de limpeza. A Secretaria Municipal de Educação frisa que os pontos de coleta são para as pessoas doarem, e não receberem os itens, já que as famílias beneficiadas estão sendo selecionadas pela Assistência Social do Município.

A campanha também disponibilizou o telefone 0800-4000-140, por meio da Contact Center, para mais informações a quem deseja aderir, seja empresa, indústria ou um cidadão. A coordenação das ações é feita pela Prefeitura, envolvendo secretarias e órgãos municipais, com parceria e apoio de entidades e associações da sociedade civil, lideranças religiosas e demais organizações. A ação foi idealizada por conta da pandemia do coronavírus, que tem provocado, em todo o mundo, não só um aumento no número de pessoas doentes, mas também sérias dificuldades sociais e econômicas.

Voluntários – Além da doação de produtos, a Prefeitura recebeu 264 inscrições para trabalho voluntário na pandemia: psicólogos, médicos, estudantes da área da Saúde, enfermeiros, advogados, técnicos em enfermagem, entre outros. Nos próximos dias, a Prefeitura vai entrar em contato com estas pessoas para que elas possam iniciar o trabalho.

O cadastro da campanha “Seja um voluntário para atuar na pandemia”, continua aberto, no portal https://www.londrina.pr.gov.br/informacoes-gerais-corona-virus. Podem se cadastrar tanto voluntários em geral, quanto estudantes matriculados em cursos de graduação ou cursos profissionalizantes.

A ação é voltada para pessoas de ambos os sexos, de 18 a 59 anos de idade, e que se autodeclarem em boas condições de saúde. No cadastro, é preciso confirmar o interesse e qual a disponibilidade de tempo para realizar ações. Também é possível escolher qual Unidade Básica de Saúde (UBS) tem interesse em colaborar, e quais ações está disposto a fazer.

Fonte: N.Com