Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Butter yellow: aprenda a incorporar o tom nas composições Butter yellow: aprenda a incorporar o tom nas composições

Butter yellow: aprenda a incorporar o tom nas composições

Wednesday, 18 de November de 2020
Categoria:

Amarelo pálido traz sensação de aconchego e é uma das principais apostas da estação

Tons terrosos e uma paleta de cores mais neutra, deixando as tonalidades vibrantes de lado, fizeram parte dos destaques na estação passada. Agora, com a chegada do verão, um equivalente dessa tendência tem ganhado espaço nas redes sociais e aparecido em várias composições, trazendo o espírito de um dia ensolarado. Trata-se do butter yellow, um tom de amarelo pastel que lembra a suavidade da manteiga (inspiração para o nome, que traduzido seria “amarelo manteiga”), trazendo suavidade e aconchego, apesar de lembrar a alegria e motivação que sua versão saturada carrega.

A ascensão dos tons pastéis, especialmente amarelo, verde e laranja suaves, foi grandemente influenciada pela estética cottagecore, que dominou as redes sociais. Esse estilo busca inspiração na natureza e na vida campestre, exaltando uma vida bucólica, que é especialmente refletida nas roupas, com estampas delicadas, cores suaves e modelagens esvoaçantes, que fazem sentido com o momento atual, em que as pessoas buscam um refúgio para encarar os problemas do cotidiano. Outro ponto que garantiu a popularização do tom amarelo-claro, especialmente entre a geração Z, é o fato de essa cor ser considerada sem gênero, como uma forma de recusar estereótipos.

A cor já dava sinais de virar tendência em 2019, quando apareceu em coleções de marcas famosas, como Bottega Veneta. Já em 2020 a butter yellow ganhou espaço nas coleções de nomes como Molly Goddard e Victor Virgile, consolidando o tom de amarelo pálido como uma das cores do ano. Incorporar essa estética nas produções não é tão difícil, já que a pouca saturação da cor permite que ela combine com praticamente qualquer estilo, inclusive substituindo tons de bege e areia.

Como levar a tendência para as produções do dia a dia

Para quem tem um estilo mais romântico, a dica é mergulhar na estética cottagecore, dando prioridade para peças leves e que combinem com o clima quente. Mesmo para quem não gosta de usar saias e vestidos, é possível resgatar o clima bucólico usando camisas oversized e calças de modelagem larga. Apesar de normalmente incorporado a uma estética suave e delicada, é possível criar looks mais pesados balanceando o butter yellow com itens de couro e jeans, como coturno, camisa xadrez e calça jeans destroyed, mesclando cores e estampas diferentes.

Para quem prefere looks com poucas cores, em composições com a maioria das peças preta ou branca, por exemplo, o tom de amarelo pálido pode aparecer nos detalhes, como no calçado ou em acessórios, como o bucket hat.

Outra maneira divertida de incorporar o tom no dia a dia é por meio de looks monocromáticos, outra tendência que segue em alta. Combinar um cropped com uma mom jeans, sendo as duas peças em butter yellow, resulta em uma produção moderna e perfeita para dias mais frescos.

Divulgação