Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
BID inclui projeto de Londrina para financiamento em 2012 BID inclui projeto de Londrina para financiamento em 2012

BID inclui projeto de Londrina para financiamento em 2012

Wednesday, 10 de August de 2011
Categoria:

A Prefeitura de Londrina, por meio do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano (IPPUL), vai receber empréstimo de US$ 42,9 milhões do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O anúncio foi feito na terça (9), em coletiva, pelo prefeito Barbosa Neto e pela presidente do IPPUL, Regina Nabhan.

Regina Nabhan explicou que recebeu hoje a confirmação de que Londrina está contemplada junto ao BID a um empréstimo para dar sequência ao Programa de Mobilidade Ambiental e InfraEstrutura Social ? PMAIS 1ª fase. A confirmação foi dada pelo chefe de projetos para o Banco Interamericano de Desenvolvimento, Huascar Eguino.

O projeto visa à promoção da qualidade de vida dos moradores do município, através de intervenções de infraestrutura nas áreas de recuperação ambiental urbana e mobilidade. ?Revitalização dos fundos de vale, das praças, do centro histórico da cidade ((Bosque, Alameda Miguel Blasi, os outros trechos do calçadão ? 4º e 5º, entre outros)?, destacou a presidente do IPPUL.

O projeto tem por finalidade também requalificação urbana da área central de Londrina, em revitalizar espaços públicos históricos da cidade – calçadão, calçadas e praças, através de melhoria de infraestrutura como iluminação, ordenamento visual, mobiliário urbano, promoção da acessibilidade.

E também a requalificação ambiental da bacia hidrográfica Ribeirão Cambé (abrange os três lagos ? Lago Igapó I, II e III), incluindo adequações de geometria viária, implantação de pistas de caminhadas e rede cicloviária de Londrina, consolidação da infraestrutura do parque linear do ribeirão composto de áreas de recreação e lazer, parques e jardins, bosque e corredor ecológico.

A área de abrangência do projeto é a bacia do Ribeirão Cambé, que perfaz um total aproximado de 100 km², começando a partir da divisa com o município de Cambé ? viaduto porto Charles Naufal, até a foz do Rio Três Bocas, no rio Tibagi, do qual o Cambé é um de seus afluentes. Além disso, contempla a avenida Tiradentes, Paraná, Quintino Bocaiúva e o Centro Histórico.

Regina Nabhan contou como foi o desenvolvimento do projeto. ?Estes projetos já estão sendo elaborados há um ano, mas a partir de agora nós entramos na fase de detalhamento para apresentar e encaminhar a Washington para ser aprovado?, explanou. ?Dia 5 de setembro, nós iremos a Brasília apresentar o termo de referência e alguns projetos que serão encaminhados aos Estados Unidos, para serem aprovados?, completou a presidente.

O prefeito Barbosa Neto expôs que estes projetos são para início em 2012. Ele destacou a importância desta conquista, que vai valorizar e revitalizar uma área de 100 Km² ao longo do ribeirão Cambé, o Cambézinho?, ressaltou. ?É realmente um feito marcante para a cidade. Estamos pensando Londrina para uma geração. Muda o perfil da cidade para melhor, melhorando inclusive a qualidade de vida do município de Londrina?, garantiu.

Barbosa Neto explicou que o dinheiro é subsidiado com uma carência de vinte anos e com juros baixos. ?Com certeza, vem numa boa hora.  Mostra que a cidade tem projetos e que os técnicos têm competência?, concluiu. 

Fonte: N.Com.PML