Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Barracão Tangará realiza oficinas de movimentos circenses Barracão Tangará realiza oficinas de movimentos circenses

Barracão Tangará realiza oficinas de movimentos circenses

Tuesday, 04 de January de 2022

No sábado (8), haverá curso de Lira e de Mão a Mão, para explorar movimentos dinâmicos e estáticos em duo, trio e em grupo

Divulgação

Os interessados em aprender novos movimentos circenses em 2022 já podem se inscrever nas oficinas que serão realizadas na Vila Cultural Barracão Tangará. Neste sábado (8), das 9h às 11h30, terá o workshop de Lira com Ana Julia Moro e, no período da tarde, das 17h às 19h, o workshop de Mão a Mão, com Gabriel Dias. Ambas atividades custam R$ 30,00 cada e acontecerão na sede da vila cultural (Rua Augusto Severo, 544, no bairro Aeroporto).

Para cada oficina, foram disponibilizadas 15 vagas e os interessados devem se inscrever telefone e WhatsApp (43) 99922-9656. Para praticar as atividades é necessário trajar roupas confortáveis e de ginástica, porque os participantes vão se movimentar pelos equipamentos e em solo. O programador cultural da Vila Cultural Barracão Tangará, Pedro Queisada, explicou que as atividades não têm restrição de idade, porém é preciso que os participantes tenham conhecimentos prévios sobre movimentos circenses, pois as atividades são de nível intermediário a avançado.

A lira é um equipamento clássico e originário do circo, sendo considerado uma variação do trapézio em que se utiliza um aro de metal suspenso para executar as coreografias aéreas. Por isso, durante o curso, o participante vai receber instruções sobre a inserção das técnicas dinâmicas e de equilíbrios da lira, assim como a saber escutar os ritmos e poupar esforços para realizar movimentos. Já na oficina de Mão a Mão, a intenção é explorar os movimentos dinâmicos e estáticos em duo, trio e em grupo.

“A lira é um equipamento aéreo que parece um bambolê. A ideia do workshop é passar os movimentos de fluidez e mostrar como uma pessoa passa para um outro movimento sem ficar ‘engessada’. Já o workshop de Mão a Mão ensinará os movimentos de acrobacia e de parada de mão, nas mãos de outra pessoa, por isso terão trabalhos em duplas e em trios”, explicou Queisada.

A ministrante da oficina de lira será a brasileira Ana Julia Moro. Ela começou a praticar circo com apenas 9 anos de idade, na Escola de Circo de Londrina. Aos 17 anos, mudou-se para o Rio de Janeiro, onde ingressou na Escola Nacional de Circo do Brasil para dar continuidade ao sonho de ser artista. Fez estágios e estudos em Portugal, na França e na Itália, sendo admitida na Ecole Superior de Arts du Cirque (ESAC), da Bélgica, em 2018, onde se formou especialista em lira em 2021. Atualmente, trabalha na companhia de circo Soif Totale, que ajudou a fundar.

Já Gabriel Dias é português, formado na Escola de Circo do Chapitô – Escola Profissional de Artes e Ofícios do Espectáculo (EPAOE), de Lisboa. Ele estudou também na SALTO International Circus School de Portugal e na Ecole Nationale des Arts du Cirque, na França. Em 2019, participou do Festival de Circo do Leme, em Ílhavo, Aveiro, Portugal, com o número de mão a mão “(In)balance”.

As oficinas são realizações da Vila Cultural Barracão Tangará em parceria com a ONG Arte & Vida. Elas contam com o apoio da Prefeitura de Londrina, por meio Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic), da Secretaria Municipal de Cultura.

Sobre o local – A Vila Cultural Barracão Tangará é um espaço com circulação cultural de diversas áreas, com atividades circenses, de teatro, de dança, espetáculos e oficinas. A prioridade da vila é ministrar atividades gratuitas e com preços simbólicos, mas ela também serve de Coworking Artístico, ou seja, de espaço para atender os artistas e grupos que queiram desenvolver especializações ou cursos de aperfeiçoamento profissional para outros artistas ou mesmo para ensaios de espetáculos.

Fonte: N.Com