Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Barbada 100 apresenta Graveola (MG) Barbada 100 apresenta Graveola (MG)

Barbada 100 apresenta Graveola (MG)

Friday, 11 de November de 2016

O projeto, no decorrer destes anos, se tornou vitrine da nova música londrinense por receber artistas de destaque no cenário independente local e nacional

A Festa Barbada chega a sua 100 ª edição realizada no Bar Valentino. Isso mesmo 100 festa realizadas sem parar! O projeto, que hoje se tornou vitrine da nova música londrinense por receber artistas de destaque no cenário independente local e nacional, recebe no domingo, dia 13 (domingo) o show da banda mineira “Graveola” com o lançamento do disco ‘Camaleão Borboleta’. A Barbada conta ainda o residente DJ Ed Groove e DJ Gustavo Veiga. Os dois animam a pista antes e depois do show. A programação sempre tem início antes do sol se pôr – com o Bazar Barbada, cheio de novidades em arte, moda e gastronomia. O material gráfico é do artista Arthur Duarte . Ilustração. A festa conta com o apoio cultural da Natural One!

Barbada 100 apresenta Graveola (MG) - LondrinaTur

Foto: Sense

Com rumos bem traçados na sonoridade elétrica e psicodélica, a banda mineira Graveola apresenta seu quinto álbum, Camaleão Borboleta (Natura Musical), com dez faixas autorais inéditas. Com referências de grupos como Novos Baianos, Doces Bárbaros e ritmos do maracatu, frevo, ijexá, pagode baiano e samba-reggae, o disco mostra o amadurecimento da sonoridade da banda. O projeto, que inclui lançamento do disco, realizado com os recursos da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais e da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte, Fundação Municipal de Cultura, e turnê de lançamento com shows em sete cidades, foi selecionado para receber patrocínio do Natura Musical no edital dedicado ao estado de Minas Gerais.

O disco é produzido por Chico Neves, responsável por discos de artistas como Lenine, Skank e O Rappa, e tem a participação de Samuel Rosa. Sobre o Graveola, o cantor afirma: “grata surpresa foi a minha ao deparar com aquele som novo, mas que me remetia a coisas também clássicas, quando escutei o Graveola pela primeira vez, trazido e recém descoberto por meu filho há alguns anos. Grata e feliz surpresa ao ser convidado, anos depois, por essa mesma banda, para cantar com eles na faixa "Talismã", que poderia muito bem ter saído do antológico "Cores e Nomes" de Caetano Veloso, porém repaginado e mais envenenado. Graveola é ponta de lança da geração atual da música produzida em BH, que tantos bons frutos já produziu.”

Em uma metamorfose ininterrupta, Graveola e o Lixo Polifônico desenvolveu, ao longo de 11 anos, uma sonoridade distinta, caracterizada principalmente por uma enorme empatia e por um diálogo franco com as mais diversas vertentes da música brasileira. Fato claramente observável em sua discografia: Graveola e o Lixo Polifônico (2009), Um e Meio (2010), Eu Preciso de Um Liquidificador (2011), Dois e Meio – Vozes Invisíveis (2014) e o EP London Brigde (2015). Desse modo, a banda foi amadurecendo e enriquecendo por meio de um processo contínuo, privilegiando a porosidade e a capacidade de aglutinar novas informações a cada trabalho.

Barbada 100 apresenta Graveola (MG) - LondrinaTur

Foto: Sueli Marmota

O ingresso custa R$ 15, mas quem tiver bônus irá pagar apenas R$ 10. Os bônus são limitados e já estão sendo distribuídos na loja Natural One (Shopping Catuaí Londrina – Loja 412). Os pontos estão autorizados a entregar um bônus por pessoa.

A organização do evento orienta será preciso chegar cedo ao Bar Valentino, já que os convites não serão vendidos antecipadamente. O bônus garante desconto no valor da entrada, desde que a mesma seja permitida de acordo com a lotação da casa.

BARBADA – Projeto produzido pela BARBADA realizado mensalmente no Bar Valentino desde março de 2010. Trata-se de uma caravana que integra várias linguagens em um único lugar. Inicialmente realizada na casinha do bar – estrutura mais antiga -, atualmente ocupada todo espaço que recebe toques precisos na decoração, principalmente no palco das apresentações. O horário e preço da entrada destoam do padrão da noite londrinense fazendo jus ao nome. A festa se pauta pela diversidade, integrando música, moda, literatura, gastronomia, quadrinhos, artes plásticas e artesanato atraindo um público de jovens formadores de opinião. Hoje é uma das principais vitrines da nova música, recebendo também artistas de destaque no cenário independente local e nacional.

Fonte: Divulgação