Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Atrações culturais comemoram 60 anos do Edifício Centro Comercial Atrações culturais comemoram 60 anos do Edifício Centro Comercial

Atrações culturais comemoram 60 anos do Edifício Centro Comercial

Thursday, 21 de November de 2019

Localizado em um dos pontos históricos mais marcantes de Londrina, ao lado do monumento da Concha Acústica, o Edifício Centro Comercial, na Rua Piauí, está comemorando 60 anos de existência no coração da cidade. Para celebrar a marca, nos dias 21, 22 e 23 de novembro serão realizados diversos eventos artísticos, musicais e culturais abertos ao público. A agenda do evento “Aqui tem História” inclui exposição, sarau, atividades físicas, shows musicais e outras atrações. O objetivo é reforçar a importância desse espaço na memória da cidade, valorizando a história da área do centro comercial, ao longo de seis décadas, no contexto social urbano.

Foto: arquivo Secretaria Municipal de Cultura

A iniciativa é uma realização da Agência Nacional da Promoção Humana (ANPH) com apoio do Condomínio Centro Comercial Londrina. Conta ainda com incentivo cultural da Prefeitura de Londrina, por meio das secretarias municipais de Cultura, Idoso e Educação, além do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial; Universidade Estadual de Londrina, Museu Histórico e Biblioteca Pública Municipal.

O primeiro dia de celebração, nesta quinta-feira (21), cai exatamente na data que marca os 60 anos do lançamento da pedra fundamental do Centro Comercial Londrina, que ocorreu no dia 21 de novembro de 1959. Naquele ano, foi oficializado o início da construção do prédio, inaugurado depois, em 1963, quando o prefeito era Antônio Fernandes Sobrinho.

Entre os destaques da programação (agenda completa abaixo), está a exposição “Londrina Ontem e Hoje”, que reúne acervo de fotografias do Museu Histórico de Londrina e estará presente nos três dias do evento, na galeria do Centro Comercial, na Rua Piauí, 191. Na quinta (21), haverá o show musical “Cantar a Vida é Viver com Autoestima” e roda de conversa com Cleir Brandão, que é músico e servidor da Secretaria Municipal do Idoso; e show com Ângela e Vagner Nogueira.

Na sexta (22), irá ocorrer o circuito Internacional de Poemas Batuque na Caixa/ 2019 – edição Especial Nilva Dematé Zolandek. E sábado (23) é dia de sarau com diversos eventos, incluindo manhã de autógrafo com Maria Helena de Oliveira, autora da Revista “Memória da Mulher Negra Londrinense”; homenagem à Maria Isolina Pereira (Dona Lina), mulher empreendedora e ativista social que fez parte da história do Movimento da Consciência Negra de Londrina nas décadas de 80 e 90. Um tributo à Beth Carvalho é outra atração, com roda de samba com Braguinha, Luiza Braga e convidados.

A diretora de Patrimônio Artístico e Histórico-Cultural da Secretaria Municipal de Cultura, Solange Batigliana, frisou que as comemorações dos 60 anos do Centro Comercial são importantes para que a memória histórica e afetiva do local permaneça sempre viva entre os londrinenses. “É uma forma de convidar a população para conhecer a história, o local e celebrar um dos pontos históricos mais marcantes da cidade”, disse.

Contexto – O Centro Comercial surgiu em um período de expansão urbana e econômica de Londrina, estimulando o processo de verticalização da área central. Na região da Concha Acústica, inaugurada em 1957, outros prédios começavam a surgir, como o da antiga Casa da Criança, projetado pelos renomados arquitetos Vilanova Artigas e Carlos Cascaldi. Inaugurado em 1955, este espaço, marcado pelo estilo arquitetônico modernista, hoje abriga a sede reformada da Secretaria Municipal de Cultura, que se tornou o primeiro bem de Londrina tombado como Patrimônio Municipal. Naquele mesmo período, eram erguidos prédios como o Edifício Julio Fuganti e o Edifício Bosque, e o local passava a ter nova dimensão, com intensificação da ocupação social e ações culturais.

Solange Batigliana analisou que o surgimento do Centro Comercial e de outros empreendimentos causaram grande impacto na sociedade de Londrina naquela época, em que a cidade começava a se expandir. “As construções mostravam uma linguagem de arquitetura moderna, fazendo parte do contexto de crescimento urbano, e reforçavam a pujança econômica que atraiu grandes investidores para cá. A partir daquele período, essa parte da região central também se transformou em palco de grandes manifestações e eventos culturais ao longo das décadas”, destacou.

 Programação

21/11 – quinta-feira

9h – Saúde não tem Idade – Concha Acústica (Praça 1º de Maio, 110)

Atividades físicas moderadas para o bem-estar corporal

 10h – Exposição “Londrina Ontem e Hoje” – acervo de fotografias do Museu Histórico de Londrina

Galeria do Centro Comercial (Rua Piauí, 191, em frente à Concha)

10h30 – Show musical “Cantar a Vida é Viver com Autoestima” e roda de conversa com Cleir Brandão

Show musical com Ângela e Vagner Nogueira

Galeria do Centro Comercial (Rua Piauí, 191, em frente à Concha)

22/11 – sexta-feira

9h – Exposição “Londrina Ontem e Hoje” – acervo de fotografias do Museu Histórico de Londrina

Galeria do Centro Comercial (Rua Piauí, 191, em frente à Concha)

10h – Sexta com Poesia – Circuito Internacional de Poemas Batuque na Caixa/ 2019 – edição Especial Nilva Dematé Zolandek

Galeria do Centro Comercial (Rua Piauí, 191, em frente à Concha)

23/11 – sábado

9h – Exposição “Londrina Ontem e Hoje” – acervo de fotografias do Museu Histórico de Londrina

Galeria do Centro Comercial (Rua Piauí, 191, em frente à Concha)

10h – Sábado no Sarau

– Roda dos Saberes Mulheres Negras

– Manhã de autógrafo com Maria Helena de Oliveira, autora da Revista “Memória da Mulher Negra Londrinense”

– Homenagem à Maria Isolina Pereira (Dona Lina), mulher empreendedora e ativista social que fez parte da história do Movimento da Consciência Negra de Londrina nas décadas de 80 e 90.

– Tributo Beth Carvalho: roda de samba com Braguinha, Luiza Braga e convidados.

Galeria do Centro Comercial (Rua Piauí, 191, em frente à Concha)

Fonte: Prefeitura de Londrina