Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
4 cuidados necessários na hora de planejar um intercâmbio 4 cuidados necessários na hora de planejar um intercâmbio

4 cuidados necessários na hora de planejar um intercâmbio

Thursday, 17 de September de 2020
Categoria:

Viagens internacionais são complexas, e detalhes podem transformar a experiência dos estudantes

4 cuidados necessários na hora de planejar um intercâmbio

Ilustrativa

A pandemia não acabou com o sonho do brasileiro de fazer intercâmbio, apenas o adiou. A pesquisa da FPP Edu-Media The Student World, realizada no final de abril, que ouviu 4,5 mil indivíduos, constatou que a intenção de 83% dos entrevistados é aproveitar a quarentena para se planejar e estudar no exterior logo depois que a pandemia terminar.

E maior tempo em casa, dado pelo isolamento social, é o momento ideal para que futuros intercambistas planejem e pesquisem cada detalhe da viagem. Para saber o que merece maior atenção durante o planejamento, confira os tópicos a seguir.

Escolha o destino que mais combina com você

Praia, neve, floresta, deserto, cidade grande ou interior: há centenas de possibilidades e é necessário pensar com cuidado qual delas se adequa melhor às suas expectativas sobre as experiências que quer ter durante a viagem. Decidido qual idioma vai estudar, é hora de buscar pelas características de cidades ao redor do mundo que tem nativos na língua escolhida. Leve em consideração também em qual época do ano vai viajar, pois diferentes
possibilidades de atividades aparecem dependendo da estação e do clima do local em cada mês.

Contrate uma agência e escola de confiança

Em especial durante um momento de fragilidade financeira como a que o mundo vive agora com a pandemia, as chances de escolas e agências pararem de funcionar do dia para a noite são grandes. Então, mais do que nunca, o ideal é buscar instituições e empresas de renome – elas tendem a ter mais estabilidade financeira –, além de entrar em contato com outros estudantes que já contrataram os serviços em questão ou que estão fazendo intercâmbio pela agência pesquisada no momento. É possível encontrar essas pessoas em grupos no Facebook, nas redes sociais das instituições ou em sites de reclamações, como o reclameaqui.com.br. Eles costumam ser abertos e dispostos a sanar as dúvidas e aconselhar os próximos viajantes.

Conheça bem as leis do país de destino

O que é obviamente permitido ou proibido no Brasil pode ser completamente diferente em outras nações, e o descumprimento de leis pode acarretar em problemas até mesmo antes de efetivamente começar o intercâmbio. Há medicações, por exemplo, que são proibidas em vários países do mundo e que podem causar a deportação do estudante. Portanto, todo cuidado e estudo sobre a legislação do lugar é necessário para evitar constrangimentos ou
problemas maiores.

Providencie a documentação necessária

A documentação definitivamente deve ser um dos pontos que deve receber toda a atenção possível de quem vai viajar, já que é ela que, além de permitir a entrada no país e as atividades na escola, garante a segurança no exterior – com ênfase ao seguro-viagem, indispensável em qualquer lugar. Outro importante detalhe que deve ser conferido é se há ou não a necessidade de tradução juramentada dos documentos. Geralmente, essa tradução oficial para a língua do país de destino é requisitada quando o aluno vai ingressar em colégios ou universidades, mas é sempre válido conferir com as instituições o que é exigido.

Fonte: Conversion