Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
The Saint Pub antecipa e agita comemorações do St. Patrick’s Day The Saint Pub antecipa e agita comemorações do St. Patrick’s Day

The Saint Pub antecipa e agita comemorações do St. Patrick’s Day

Wednesday, 11 de March de 2020
Categoria:
Data Início: Saturday, 14 de March de 2020 às 12:00
Data Término: Saturday, 14 de March de 2020 às 23:49

O The Saint Pub (R. Prof. João Cândido, 868) antecipa as comemorações do St. Patrick’s Day, cuja data original é celebrada na Irlanda no dia 17 de março, para o próximo sábado (14), com uma série de ações aos amantes do bom chopp. Vai ter feijoada, growler day com chopp Fábrica 1 e atrações musicais, além de muitas promoções. As comemorações têm início a partir das 12h e vão até a 1h da madrugada do domingo (15).

Sábado é dia de feijoada, a partir das 12h até às 15h. Por R$ 30, a pessoa pode comer à vontade. Desde o início e durante todo o dia, o público já pode abastecer o growler, trazendo um próprio ou comprando os disponíveis no pub. Os chopps custam R$ 6 (copo com 300 ml), e litro a R$ 11 (pilsen), R$ 12 (lager), R$ 14 (pale ale), R$ 15 (S.IPA) e R$ 17 (A.IPA). Já os growlers tÊm valores a R$ 3 (1litro pet), R$ 85 (2 litros vidro), R$ 80 (1 litro inox) e R$ 110 (2 litros inox).

A partir das 17h sobe ao palco a banda The Weird Family, com Suy Correia (vocal e violão) e Mariana Franco (baixo acústico e backing vocal) para tocar composições autorais marcadas por influências do bluegrass, country americano, pop e música brasileira. Antes e depois tem discotecagem do projeto Trackadelics, que fará músicas de rock, soul, indie rock e hip hop. A entrada é gratuita.

O clima do pub estará todo homenageando o St. Patrick’s Day, conhecido como Dia de São Patrício. Os garçons estarão vestidos a caráter, com chapéus e vai até ter chopp verde. Além disso, haverá promoções de duble de caipirinha de limão e três chopps por R$ 8, das 17h às 21h.

O feriado de St. Patrick’s Day é tradicional na Irlanda e nos países de língua inglesa, uma homenagem ao santo padroeiro da Igreja Católica irlandesa. A missão dele era pregar o cristianismo na região, por volta do ano 500. Conta-se que, nascido na Grã-Bretanha, foi capturado por piratas irlandeses que o fizeram escravo e, depois de conseguir se libertar, entrou para a vida religiosa num mosteiro na França. Anos mais tarde retornou à Irlanda como bispo, para evangelizar.

Fonte: Fábio Luporini/Assessor de Imprensa