Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Orquestra Sinfônica da UEL Temporada Ouro Verde 2019 Orquestra Sinfônica da UEL Temporada Ouro Verde 2019

Orquestra Sinfônica da UEL Temporada Ouro Verde 2019

Tuesday, 06 de August de 2019
Categoria:
Data Início: Friday, 09 de August de 2019 às 20:30
Data Término: Friday, 09 de August de 2019 às 23:59

A Orquestra Sinfônica da UEL realiza nesta sexta-feira, dia 09/08, sob a regência do Maestro Alessandro Sangiorgi, o 5º Concerto da Temporada Ouro Verde 2019. O programa abrangerá períodos diversificados da história da música indo do Barroco até o início do Século XX, num crescente instrumental. De Jean-Philippe Rameau (1683-1764) a obra escolhida é a delicada e sublime “Entrada de Polymnie”, que faz parte da Ópera “Les Boréades”, última tragédia lírica do compositor, cuja estreia só ocorreu anos após seu falecimento. Polymnie, é uma das nove musas da mitologia grega, filha de Zeus e Mnemósine, e é considerada a musa da poesia lírica ou sagrada e também da meditação e agricultura.

Passando pelo Classicismo, a segunda obra do programa traz a Sinfonia nº 40 em Sol menor de Mozart (1756-1791), que talvez seja uma das sinfonias mais conhecidas de todo o mundo, tendo inclusive recebido versões “pop” na década de 70. Incorpora um misto de graça e leveza ao mesmo tempo em que possui um tom trágico, emocional e profundo. A escolha da tonalidade reflete esta intenção: de todas as sinfonias de Mozart, somente as de nº 40 e nº 25 são escritas em tonalidade menor.

Conhecida também como “A Grande Sinfonia em Sol menor”, faz parte de um período excepcionalmente produtivo, o verão de 1788, em que Mozart compôs também (em apenas seis semanas!) outras duas sinfonias. Dando um salto na cronologia, o programa parte para o início do Século XX com duas obras de estilos bem diferentes. Do compositor nacionalista espanhol, Manuel de Falla (1876-1946), será apresentada a Suíte nº 1 do Ballet “El Sobrero de Tres Picos”. O Ballet, baseado exclusivamente na música folclórica flamenca (e inspirado no livro homônimo do escritor realista Pedro Antonio de Alarcón), foi composto a pedido de Serguei Diaghilev (produtor artístico russo, diretor e fundador do famoso “Ballets Russes”), teve sua estreia há exatos 100 anos com figurinos de Picasso e coreografia de Léonide Massine. Por fim, do compositor austro-húngaro Franz Lehár (1870-1948), a OSUEL interpretará a Abertura da Ópera “A Viúva Alegre”. A opereta (que mescla música e teatro abordando temas cômicos) teve sua estreia em Viena (Áustria) em 1905, com grande sucesso pois a público entendeu que seu texto parodiava a incipiente política dos Bálcãs, à época. Lehár ganhou fama mundial, descobrindo um estilo próprio com “A Viúva Alegre” que “oscila do sentimentalismo popular ao embalo mundano de animadas valsas e ousadas marchas” (R. Seyfarth). O sucesso da opereta foi tamanho que décadas mais tarde ganhou versões para o teatro e cinema.

Orquestra Sinfônica da UEL Temporada Ouro Verde 2019

Serviço: Concerto da Orquestra Sinfônica da UEL Data: 09/agosto, sexta-feira Horário: 20h30min Local: Teatro Universitário Ouro Verde Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada) à venda no Teatro dias 05, 06 e 07 (das 14h às 18h) / 08 e 09 (das 14h às 20h).