Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Orquestra Sinfônica da UEL Temporada Ouro Verde 2019

Orquestra Sinfônica da UEL Temporada Ouro Verde 2019

Tuesday, 06 de August de 2019
Categoria:
Data Início: Friday, 09 de August de 2019 às 20:30
Data Término: Friday, 09 de August de 2019 às 23:59

A Orquestra Sinfônica da UEL realiza nesta sexta-feira, dia 09/08, sob a regência do Maestro Alessandro Sangiorgi, o 5º Concerto da Temporada Ouro Verde 2019. O programa abrangerá períodos diversificados da história da música indo do Barroco até o início do Século XX, num crescente instrumental. De Jean-Philippe Rameau (1683-1764) a obra escolhida é a delicada e sublime “Entrada de Polymnie”, que faz parte da Ópera “Les Boréades”, última tragédia lírica do compositor, cuja estreia só ocorreu anos após seu falecimento. Polymnie, é uma das nove musas da mitologia grega, filha de Zeus e Mnemósine, e é considerada a musa da poesia lírica ou sagrada e também da meditação e agricultura.

Passando pelo Classicismo, a segunda obra do programa traz a Sinfonia nº 40 em Sol menor de Mozart (1756-1791), que talvez seja uma das sinfonias mais conhecidas de todo o mundo, tendo inclusive recebido versões “pop” na década de 70. Incorpora um misto de graça e leveza ao mesmo tempo em que possui um tom trágico, emocional e profundo. A escolha da tonalidade reflete esta intenção: de todas as sinfonias de Mozart, somente as de nº 40 e nº 25 são escritas em tonalidade menor.

Conhecida também como “A Grande Sinfonia em Sol menor”, faz parte de um período excepcionalmente produtivo, o verão de 1788, em que Mozart compôs também (em apenas seis semanas!) outras duas sinfonias. Dando um salto na cronologia, o programa parte para o início do Século XX com duas obras de estilos bem diferentes. Do compositor nacionalista espanhol, Manuel de Falla (1876-1946), será apresentada a Suíte nº 1 do Ballet “El Sobrero de Tres Picos”. O Ballet, baseado exclusivamente na música folclórica flamenca (e inspirado no livro homônimo do escritor realista Pedro Antonio de Alarcón), foi composto a pedido de Serguei Diaghilev (produtor artístico russo, diretor e fundador do famoso “Ballets Russes”), teve sua estreia há exatos 100 anos com figurinos de Picasso e coreografia de Léonide Massine. Por fim, do compositor austro-húngaro Franz Lehár (1870-1948), a OSUEL interpretará a Abertura da Ópera “A Viúva Alegre”. A opereta (que mescla música e teatro abordando temas cômicos) teve sua estreia em Viena (Áustria) em 1905, com grande sucesso pois a público entendeu que seu texto parodiava a incipiente política dos Bálcãs, à época. Lehár ganhou fama mundial, descobrindo um estilo próprio com “A Viúva Alegre” que “oscila do sentimentalismo popular ao embalo mundano de animadas valsas e ousadas marchas” (R. Seyfarth). O sucesso da opereta foi tamanho que décadas mais tarde ganhou versões para o teatro e cinema.

Orquestra Sinfônica da UEL Temporada Ouro Verde 2019

Serviço: Concerto da Orquestra Sinfônica da UEL Data: 09/agosto, sexta-feira Horário: 20h30min Local: Teatro Universitário Ouro Verde Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada) à venda no Teatro dias 05, 06 e 07 (das 14h às 18h) / 08 e 09 (das 14h às 20h).