Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Obra de Marinósio Filho é relançada nesta quinta-feira Obra de Marinósio Filho é relançada nesta quinta-feira

Obra de Marinósio Filho é relançada nesta quinta-feira

Thursday, 25 de July de 2013
Categoria: agenda
Data: Thursday, 25 de July de 2013

“Dos Porões da Delegacia de Polícia”, escrito pelo jornalista Marinósio Filho, será lançado nesta quinta-feira no saguão da Acil. A reedição do livro teve o patrocínio do Promic – Programa Municipal de Incentivo à Cultura.  

Publicado originalmente em 1979, o livro revisita as coberturas jornalísticas realizadas pelo autor para o jornal “O Combate”. Segundo o organizador da reedição, Tony Hara, a primeira parte da obra é uma rememoração dos crimes, das histórias e personagens da zona do meretrício da cidade entre as décadas de 1940 e 1950.

“O jornalista, boêmio, conversou com gente de todas as laias e tipos. Muitas histórias foram recolhidas nos plantões das delegacias de polícia, assim como nas rodas boêmias, sempre animadas pela fofoca e pelos comentários indiscretos sobre a vida pública ou mesmo íntima das pessoas”, disse Hara.

Na segunda parte do livro, Marinósio Filho retratou casos de tortura praticados pela polícia local durante a década de 70, nos anos da ditadura militar.

“Se nas décadas anteriores as prostitutas e os desocupados representavam o papel de indivíduos perigosos, a partir dos anos 70 os pequenos delinquentes se tornaram a principal clientela da polícia. Surgiu a ideia ‘bandido bom é bandido morto’, exaustivamente repetida por jornalistas e até mesmo por autoridades políticas”, explicou o organizador do livro.

Havia a imprensa que defendia abertamente as ações dos grupos de extermínio no Rio de Janeiro e em São Paulo. Marinósio Filho, por sua vez, denunciou os casos de tortura e abusos de poder praticados por agentes da lei. “Ele fazia parte de um grupo minoritário que repudiava a polícia que prendia, julgava, torturava e matava”, finalizou Hara.

Aguarde, carregando...
carregando...