Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Lançamento do livro “A Doce Vingança do Poeta” Lançamento do livro “A Doce Vingança do Poeta”

Lançamento do livro “A Doce Vingança do Poeta”

Thursday, 18 de October de 2012
Categoria: agenda
Data: Thursday, 18 de October de 2012
Livro com poemas de Mário Romagnolli será lançado no Cemitério São Pedro. Após contar a vida do avô materno em “O Poeta da Rebeldia”, o jornalista e escritor José Antonio Pedriali lança coletânea de poemas do “nono”, que transita por vários temas e formas. Será na quinta-feira, dia 18, a partir das 20 horas, com música e leitura de poemas selecionados da obra “A Doce Vingança do Poeta”.

A vida do ítalo-mineiro Mário José Romagnolli, que chegou a Londrina em 1938 e faleceu em 10 março de 1991, “depois de declamar, em seu leito, poesias para os médicos e enfermeiros da clínica onde estava internado”, foi contada em livro pelo neto José Antonio Pedriali, o mesmo que selecionou poemas do avô para compor “A Doce Vingança do Poeta”.

A escolha do Cemitério São Pedro para o lançamento da obra, não foi por acaso. Desde que desembarcou em Londrina com a família, mulher e uma penca de filhos, Mario residiu e instalou sua marmoraria próxima à última morada dos primeiros londrinenses. Era de lá, do Cemitério, que sua esposa Iolanda ouvia vozes e outros ruídos que a deixavam sobressaltada.

Durante o lançamento serão declamados poemas do “Poeta da Rebeldia”, pelo Grupo AARPA, cuja biografia romanceada teve como fio condutor a vinda do líder camponês Francisco Julião a Londrina,em 1961, para apresentar seu ponto de vista sobre a reforma agrária, embora Romagnolli não fosse um “comunista de carteirinha” como o convidado, o qual defendeu com unhas e dentes e um Smith & Wesson calibre 32 municiado.

Terra Celta

É oportuna a lembrança do episódio, pois o mesmo ilustra com perfeição a forma como Romagnolli via o mundo e procurava agir, sempre com o objetivo de contribuir com o desenvolvimento de Londrina e a edificação da cidade como um local bom pra se viver, criar os filhos e pegar os netos no colo. Como foi o caso do jornalista e escritor que, agora, recupera a história e a obra do poeta.

E já que “O Poeta da Rebeldia” principia relatando uma seresta que resultou em prisão para Mario Romagnolli, ainda nas Minas Gerais, em Carmo do Rio Claro, em 1924, nada mais justo que o lançamento de “A Doce Vingança do Poeta” tivesse um fundo musical. E da melhor qualidade, como merece o autor.

Os acordes que invadirão as ruelas, capelas e tumbas comuns, muitas mal cuidadas, do Cemitério São Pedro, ficarão por conta da banda Terra Celta, grupo londrinense que mistura melodias, ritmos e harmonias diversas com a música da terra de onde vieram os funcionários da Companhia de Terras Norte do Paraná, empresa de capital inglês que colonizou a região.

Aguarde, carregando...
carregando...