Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Coletivo Quimera apresenta: Sob Escombros Coletivo Quimera apresenta: Sob Escombros

Coletivo Quimera apresenta: Sob Escombros

Tuesday, 06 de August de 2019
Categoria:
Data Início: Thursday, 08 de August de 2019 às 20:00
Data Término: Friday, 09 de August de 2019 às 23:59

O Coletivo Quimera, grupo de circo e teatro de Londrina, estreia na próxima quinta-feira, 08 de agosto, o espetáculo “Sob Escombros”, na Divisão de Artes Cênicas da Casa de Cultura da Universidade Estadual de Londrina (Av. Celso Garcia Cid, 205). A minitemporada segue até sexta-feira, 09 de agosto, sempre às 20h, sendo a entrada mediante contribuição espontânea. A partir de narrativas textuais, composições coreográficas, acrobacias de solo, contorção e malabares, o elenco do espetáculo Sob Escombros formado por jovens artistas, técnicos em teatro e artes circenses pelo Marista Ir. Acácio e estudantes de Artes Cênicas da Universidade Estadual de Londrina, representa situações de violência decorrentes da cultura machista arraigada em nossa sociedade. O trabalho de pesquisa cênica do Coletivo Quimera privilegia processos criativos desenvolvidos a partir da fusão de técnicas circenses com técnicas teatrais e dança contemporânea. O roteiro de cenas, os textos, as canções e desenhos coreográficos que compõem a dramaturgia do espetáculo Sob Escombros, foram construídos coletivamente por meio de laboratórios de criação e rodas de conversa, tendo as temáticas “violência contra a mulher”, “masculinidade tóxica” e “empoderamento feminino” como norte para a realização do trabalho. Com o intuito de adquirir e apropriar-se de novas referências sobre tais temas e fomentar o debate entre artista e público, o grupo realizou, durante todo o processo de montagem, demonstrações de trabalho e ensaios abertos em diferentes espaços culturais e educacionais da cidade.

Sinopse do espetáculo: Em cena, uma sociedade sob escombros, na tentativa de reconstruir novas bases, descobre que ultrapassar estruturas a muito tempo firmadas se torna difícil em meio a tantas agressões e masculinidades tóxicas. Por meio de linguagens subjetivas o empoderamento e liberdade de expressão feminino se faz presente.

Classificação indicativa: para maiores de 14 anos

Ficha Técnica: Criação e Elenco: Alan Guimarães, Camila Cristina, Eduorty Silva, Estevan Silva, Gabriel Evangelista, Henrique Santos, Lucas Campos, Lui Kauan e Malu Azevedo Textos: Camila Cristina, Malu Azevedo e trechos do livro “Primavera num espelho partido” de Mario Benedetti Direção: Everton Bonfim Música “Feliz dia de sangue” (letra e melodia): Camila Cristina Figurino e Objetos de cena: Criação Coletiva Arte gráfica: Rafael Pereira da Silva Apoio: Vila Cultural Flapt, Divisão de Artes Cênicas da Casa de Cultura da Universidade Estadual de Londrina e Centro Educacional Marista Ir. Acácio

Aguarde, carregando...
carregando...