Unimed Londrina realiza plantio de 2.500 mudas de árvores nativas

quinta-feira, 18 de maio de 2017 Ação visa compensar emissão de gases poluentes gerados em 2015 e 2016

Neste mês a Unimed Londrina vai plantar 2.500 mudas de árvores nativas. A ação será realizada em uma área de preservação ambiental dentro do condomínio Ecovillas do Lago. A iniciativa faz parte do projeto Bosque da Vida e o plantio simbólico será no próximo dia 26, às 9h. O objetivo é neutralizar a emissão de gases poluentes gerados nas atividades desenvolvidas ao longo dos anos de 2015 e 2016 pela Unimed Londrina.

O número de mudas a ser plantado foi identificado por meio da Calculadora de CO2. O sistema, pertencente à Unimed do Brasil, aponta quantas árvores devem ser plantadas para compensar os gases poluentes emitidos na atmosfera no período. Neste cálculo leva-se em conta a realização de atividades diretas e indiretas, como: quilômetros percorridos pela frota, viagens aéreas, geração de resíduos, uso de ar condicionado e energia elétrica, etc.

Para atingir essa meta, a iniciativa conta com o apoio da equipe do Ecovillas do Lago, no cuidado com o desenvolvimento das plantas, e a parceria do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), responsável pela doação das mudas.

A especialista em Responsabilidade Social, Fabianne Piojetti, destaca a importância desta ação. "São nove anos de projeto, buscando a educação ambiental dos colaboradores e a neutralização dos diversos gases liberados no meio ambiente", salienta.

Além da neutralização dos gases poluentes, o Projeto Bosque da Vida desenvolve há nove anos a entrega de pés de árvores frutíferas aos clientes que realizam o Teste da Orelhinha, na Clínica de Vacinas. Os pais plantam a muda e acompanham o crescimento da criança com a árvore. A ação tem o apoio do Laboratório de Biodiversidade e Restauração de Ecossistema da Universidade Estadual de Londrina (Labre-UEL).

Fonte: Divulgação