Já ouviu falar sobre o BCAA?

segunda-feira, 6 de março de 2017 Saiba mais sobre esse suplemento que, a cada dia que passa, se torna o queridinho dos 'marombeiros'

Não é mistério para ninguém que exercícios e dieta caminham juntos. Seja qual for a finalidade dos treinos, o resultado pode ser alcançado mais rápido ou ser mais eficiente se a alimentação atende às necessidades nutricionais de cada um. O fato é que nem sempre conseguimos as doses diárias de nutrientes durante as refeições, e, por isso, precisamos complementá-las com fontes de proteínas, carboidratos ou sais minerais.

Em se tratando de fonte proteica, especialmente, existem certos aminoácidos que não conseguimos em quantidade ideal apenas com dietas equilibradas – os chamados essenciais, além de nosso corpo não ser capaz de produzi-los. Por isso, é muito importante, quando iniciamos um rotina de atividades físicas, que existam suplementos para contornar essa deficiência, ainda mais porque o organismo passa a consumir níveis mais altos de aminoácidos para restaurar músculos possivelmente lesionados.

O BCAA (Branched Chain Amino Acids) é uma escolha de suplemento de aminoácido ideal para os atletas. É um composto de aminoácidos de cadeia ramificada, leucina, isoleucina e glutamina encontrados nas fibras musculares, isto é, supre de maneira eficiente as carências proteicas do corpo não apenas imediatamente após o treino, mas também durante o dia em refeições aleatórias.

Qual é a melhor forma de consumir o BCAA?

Primeiramente, é fundamental buscar a orientação de um médico nutricionista para que ele indique as doses mais adequadas de acordo com a intensidade e a modalidade do exercício físico praticado. De maneira geral, é recomendado ingerir três cápsulas por dia, ou o equivalente a 0,1 grama de BCAA por quilo, ou seja, uma pessoa com 80 quilos deve consumir, no máximo, oito gramas.

O ideal é ingerir o suplemento antes do treinos, pois evita o catabolismo celular quando as células buscam energia nos músculos, e, por consequência, o indivíduo perde massa magra. Nos exercícios mais intensos, é aconselhável consumir uma dose menor de BCAA também. Já no período pós-treino, o suplemento age na janela de absorção ao ajudar na síntese proteica. Vale lembrar que se deve escolher um período para consumo apenas.

A grande vantagem observada com o uso contínuo do BCAA é o aumento da massa magra do corpo, a recuperação dos músculos, mesmo depois dos treinos mais pesados, e até a melhora do sistema imunológico, pois os aminoácidos desse suplemento são encontrados nas nossas células de defesa.

Fonte: Divulgação