É preciso mesmo fazer rodízio de pneus?

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017 Especialistas recomendam a prática, mas é preciso olhar no manual do proprietário para saber o prazo ideal para fazer a troca

Nenhum dos especialistas consultados é contra a prática do rodízio de pneus, até por conta do esquema de tração da maior parte dos carros produzidos no Brasil. “O rodízio é muito importante. A maior parte dos carros tem motor dianteiro e tração dianteira, o que sempre faz com que o desgaste em um dos eixos seja mais acentuado.

Com o rodízio, um jogo pode compensar o desgaste”, recomenda Cesar Maldonado, gerente de atendimento ao consumidor da Continental. A maior parte dos fabricantes de pneus recomenda o rodízio em prazos entre 5 mil e 10 mil km rodados. Como pneu tem validade, é importante lembrar de envolver o estepe no rodízio.

Fonte:  Auto Esporte